Menu
Buscarterça, 18 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
22°C
unigran24
banner100
Dourados

Estelionatário é preso pela Polícia Civil

18 março 2022 - 13h21Por Assessoria

A Polícia Civil prendeu em Dourados-MS, um estelionatário, no momento em que ele estava em uma agência bancária para sacar o dinheiro dos golpes praticados. A prisão aconteceu ontem, 17/03, e foi feita por uma equipe da Seção de Investigações Gerais (SIG), da 2ª Delegacia de Polícia Civil de Dourados.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, por volta das 14h40min de ontem, policiais civis, que já vinham monitorando estelionatários que se utilizavam da plataforma do OLX, na qual as pessoas costumam vender e comprar objetos, para praticar golpes, prenderam um homem envolvido no crime. Ele era o responsável pelo recebimento e distribuição dos valores angariados com prática criminosa.

Conforme as informações apuradas pelos policiais, os golpistas clonavam os anúncios verdadeiros que eram postados na plataforma diginal, que normalmente eram de venda de veículos, e publicavam como se fossem seus, com um valor bem abaixo do anuncio real. As vítimas, através do falso anúncio, entravam em contato com os golpistas, e esses por sua vez entravam em contato com o anunciante verdadeiro, e diziam que tinham uma dívida com um terceiro, e que esse terceiro iria dar uma olhada no veículo, porém o real vendedor do veículo não poderia comentar nada a respeito desse contato que o golpista havia feito e nem à respeito do valor que estava negociando o veículo.  

A vítima satisfeita com o veículo e com o valor que o suposto vendedor estava pedindo, entrava em contato novamente com o golpista, que pedia pelo menos um “sinal” (entrada), para garantir o negócio. Em alguns casos a vítima chegou a depositar o valor total que o golpista havia anunciado o veículo.

Já o real vendedor do veículo, acreditando estar vendendo de fato, chegava a ir no cartório para efetuar a transferência, porém deixava de observar o destinatário do depósito. Só depois de concluída a transferência, comprador e vendedor se davam conta que haviam caído num golpe.

O estelionatário atuado, foi preso quando tentava efetuar saques acima do normal num caixa eletrônico de uma agência bancária dessa cidade. Ao ser abordado, ele não soube explicar a origem do dinheiro, dizendo apenas que “queria gastar dinheiro”.

Após ser confrontado com as informações da equipe, o investigado confessou o crime e disse que foi contatado para fornecer a sua conta bancária pessoal para recebimento de valores referentes à aplicação de golpes, sendo que esse contato foi realizado no ano passado. Segundo restou apurado a quadrilha também aplicava o golpe do falso médico, sendo que há vítimas espalhadas por todos os estados do país. Os fatos continuam a ser investigados pela Polícia Civil.

Deixe seu Comentário

Leia Também