Menu
Buscarsegunda, 15 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
23°C
Dourados

Gino cobra ação emergencial para recuperar estradas rurais

16 março 2011 - 12h50Por Redação Douranews, com Assessoria

O vereador Gino Ferreira (DEM) se reuniu, no início da semana, com o prefeito Murilo Zauith (DEM) e o presidente do Sindicado Rural de Dourados Marisvaldo Zeuli para discutirem alternativas que garantam ações emergenciais na recuperação das estradas rurais para que os produtores tenham condições de escoarem suas safras.

O aumento do fluxo de veículos na zona rural, devido às colheitas, a volta às aulas e as chuvas intensas deixam as estradas em péssimas condições e isto tem atrasado o transporte da safra de alguns produtores rurais.

Para Gino Ferreira a parceria com o poder executivo é de extrema importância para que as ações comecem imediatamente e não prejudique ainda mais os agricultores. “Temos a consciência que o poder público tem que fazer sua parte. Sentimos no prefeito Murilo a preocupação com o setor, por isso, nos reunimos para buscar possíveis alternativas. Mas também sabemos como estava a situação da prefeitura quando o Murilo assumiu a administração”, ele ainda disse que “é de conhecimento de todos que a secretaria de Obras está sucateada. Mesmo com estes empecilhos vamos buscar sanar as necessidades dos produtores rurais”.

Segundo Gino, os produtores têm cobrado uma ação emergencial já que estão contribuindo com o Fundo de Recuperação e Manutenção do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul (Fundersul), onde o Governo do Estado repassa uma porcentagem para o município. “Estamos trabalhando no intuito de resolver o impasse o mais rápido possível”, esclarece.

Outro fator preocupante são as pontes que estão comprometidas depois das fortes chuvas. “Sugerimos que nossos agentes políticos encabecem campanhas para construção de pontes de concreto para acabar com o problema”, relata Gino Ferreira.

Ao final da reunião também foi sugerido que sejam injetados investimentos na malha viária já que o transporte escolar também é prejudicado pelas péssimas condições das estradas.