Menu
Buscarterça, 18 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
22°C
unigran24
banner100
PROERD

Liandra pede a volta do programa social

Iniciado em 1999, atividades estão interrompidas desde 2010

26 maio 2022 - 08h58Por Redação Douranews

A vereadora Liandra (PTB) encaminhou indicação à administração municipal e ao Governo do Estado, solicitando o retorno do Proerd (Programa Educacional de Resistência às drogas e à Violência) aos alunos das escolas municipais de Dourados. O Proerd foi iniciado em 1999 e foram formadas mais de 40 mil crianças e adolescentes de instituições de ensino público e privado.

Porém, segundo apurou, o programa não é desenvolvido desde 2010, quando houve a formatura das últimas turmas. O curso tem o objetivo de desenvolver um trabalho de prevenção e combate às drogas e à violência nas escolas, com lições de ética e cidadania que não ficam restritas às instituições de ensino.

Para a vereadora, o retorno do programa é muito necessário, considerando o resultado positivo dos cursos voltados às crianças e adolescentes dos ensinos fundamental e médio.

“Como membra da Comissão de Políticas de Prevenção às Drogas desta Casa, acredito ser imprescindível a volta do Proerd, programa que organizava instrutores entre os policiais militares, rigorosamente selecionados que visavam complementar as atividades educativas em sala de aula com um alerta sobre o mal que os entorpecentes causam”, destacou Liandra.

O Programa Educacional de Resistência às drogas e à Violência é direcionado aos estudantes do 5° ano, por ser uma idade propícia de entendimento e aprendizado. Uma vez por semana, policiais treinados ensinavam as lições nas escolas, onde o aluno aprendia a identificar drogas, as consequências do uso, formas de se manter longe dos entorpecentes e como dizer não. Durante 17 semanas, esses conhecimentos eram passados de forma lúdica com desenhos, redações, estórias, jogos e dinâmicas de grupo.

A indicação foi encaminhada ao prefeito Alan Guedes (PP), com cópias ao secretário estadual de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, Antônio Carlos Videira, ao comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar de Dourados, coronel Marcos Paulo e aos secretários municipais, Ana Paula Benitez Fernandes (Educação) e Wellington Henrique Rocha de Lima (Governo).

Deixe seu Comentário

Leia Também