Menu
Buscardomingo, 19 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
16°C
Dourados

Pioneiro Jaziel Pires morre aos 90 anos em Dourados

14 janeiro 2017 - 14h26

Jaziel Silveira Pires, de 90 anos, morreu na tarde desta sexta-feira (13) em Dourados. Casado com Ema Klein Pires, de 91 anos, descendente de alemães, o casal fez parte de seleto grupo de douradenses natos que participou das homenagens realizadas pela Prefeitura na comemoração dos 80 anos de emancipação do Município, em dezembro de 2015.

Filha do alemão Alfredo Richard Klein, pioneiro da cidade, Ema lembra que o pai foi o primeiro carpinteiro a construir casas de madeira na cidade. Além das casas, Alfredo Klein fazia também os caixões para sepultar os que morriam na cidade, mas por este trabalho ele nunca cobrava, conta a filha. Foi Alfredo que construiu o primeiro prédio da Escola Erasmo Braga, uma das poucas que existiam em Dourados quando Ema começou a estudar.

Jaziel estudou na Escola Erasmo Braga quando foi fundada. “Dourados era um pequeno povoado, era uma família”, disse ele, lembrando que todos se conheciam e sabiam onde cada um morava. Jaziel foi criado pela tia Eulália, viúva do fundador da cidade, Marcelino Pires. “Ali que aprendi a ler, que fui para a escola, nas mãos dela”, recordou ele, nas homenagens dos 80 anos de Dourados.

Apesar de afirmar que a Dourados de sua infância era de tranquilidade, na politica local o clima era outro. Segundo ele, naquela época não existia adversário e sim inimigo político. Quem era de direita ou esquerda, era extremista. O PTB era um partido forte, devido à Colônia Agrícola Nacional de Dourados, criada no governo de Getúlio Vargas. Jaziel, servidor público aposentador, se considerava ‘um Getulista’.

O funeral acontece na capela Bom Jesus, ao lado do cemitério Santo Antônio Pádua, onde acontecerá o sepultamento às 16 horas deste sábado (14), em Dourados.

Deixe seu Comentário

Leia Também