Menu
Buscardomingo, 19 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
16°C
Dourados

Prefeita Délia enfrenta primeiro manifesto

16 janeiro 2017 - 09h57

Profissionais da área de enfermagem do Município estão prometendo para esta segunda-feira (16), uma movimentação em prol das lutas da categoria. O manifesto está marcado para às 7h30, em frente ao gabinete da prefeita Délia Razuk (PR) na sede do CAM (Centro Administrativo Municipal).

Esta será a primeira mobilização de servidores, após quinze dias da posse da nova prefeita, que foi eleita com apoio maciço do conjunto do funcionalismo público municipal.

De acordo com o sindicato da categoria, o setor de enfermagem pede a atenção da nova administração pela correção do PCCR (o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração) aprovado no ano passado, com a garantia da jornada de 30 horas, 1/3 hora como "adicional" e não como vantagem, o pagamento das horas extras do mês de dezembro, liberação das férias e ainda a adoção do regime de produtividade ou incentivo a ESF (Estratégia de Saúde da Família).

Querem, ainda, segundo divulga um dos líderes do movimento na página pessoal que mantém no Facebook, o enfermeiro e ex-secretário municipal de Saúde durante o mandato do então prefeito Ari Artuzi, Edvaldo Moreira, a abertura das negociações para a campanha salarial de 2017 e a implementação da mesa de negociação do SUS. “Os profissionais querem o diálogo, pois por duas vezes tentaram falar com a prefeita Délia e não obtiveram sucesso”, escreveu Moreira no perfil da rede social.

Deixe seu Comentário

Leia Também