Menu
Buscarterça, 18 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
23°C
unigran24
banner100
CAMPANHA

Projeto de Liandra incentiva doação de órgãos

Matéria foi aprovada em primeira votação na Câmara

03 agosto 2022 - 13h18Por Assessoria

Tramita na Câmara de Dourados um projeto de lei de autoria da vereadora Liandra da Saúde (PTB) que institui a campanha ‘Setembro Verde’, visando o incentivo à doação de órgãos e tecidos no município. Segundo o projeto, aprovado em primeira discussão e votação, durante a campanha serão promovidas palestras educativas, cursos, audiências públicas, simpósios, com a distribuição de folhetos informativos, divulgação na mídia e outras atividades que esclareçam, ressaltem e alertem sobre a importância da conscientização para que as doações ocorram com maior frequência, mas de forma planejada e efetiva.

A proposta prevê ainda parcerias com entidades para divulgação e atividades de promoção e apoio à doação de órgãos e tecidos para fins de transplantes.

A vereadora ressalta que o mês de setembro é o mês que marca a Campanha Nacional para a Doação de Órgãos e Tecidos, chamado de Setembro Verde, idealizado pela Associação Brasileira de Transplante de Órgãos, e o verde é a cor internacional de órgãos e escolhida por ser o símbolo desse tipo de doação.

Para desmistificar os tabus que envolvem o processo de doação de órgãos, bem como para qualificar os profissionais de saúde a respeito desse tema, a Secretaria estadual de Saúde geralmente promove, no mês de setembro, lives, cursos, debates e ações educativas voltadas à doação de órgãos.

“As atividades da programação são voltadas para médicos, profissionais das Cihdotts (as Comissões Intra Hospitalares de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes e população em geral, que terão a oportunidade de aprender e debater temas como entrevista familiar para doação de córneas, comunicação de más notícias, importância da doação de órgãos e determinação de morte encefálica”, salientou Liandra.

O projeto de lei foi aprovado em primeira votação durante a sessão de segunda-feira (1) e deverá passar por segunda votação, entrando em vigor após ser sancionado pelo Executivo municipal.

Deixe seu Comentário

Leia Também