Menu
Buscarquarta, 12 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
24°C
unigran24
banner100
PERFORMANCE

Sanesul combate 50% de perdas em Dourados

Contrato busca maior eficiência operacional dos serviços

28 junho 2022 - 16h39Por Redação Douranews

As obras via Contrato de Performance em Dourados, uma iniciativa inédita na Sanesul, a Companhia de Saneamento do Estado, cujo objetivo era buscar maior eficiência operacional, completaram um ano em março com excelentes resultados. Segundo o engenheiro Elthon Santos Teixeira, chefe da Gedeo, a Gerência de Desenvolvimento Operacional na companhia, parte da meta estabelecida já foi atingida.

“No mês de maio chegamos ao resultado de 50% da meta prevista, ou seja, 85 mil metros cúbicos de água deixaram de ser perdidos no último mês. Este mês, com o avanço das obras e ações, temos a previsão de fechar com 110 mil metros cúbicos recuperados, reduzindo quase 200 mil metros cúbicos nas perdas do Sistema de Abastecimento de Água de Dourados em 60 dias. Este valor representa a produção de um poção no aquífero Guarani por mais de um mês, ou seja, menos custos para a Sanesul e mais disponibilidade de água para o consumo da população”.

“O contrato teve início em março de 2021, com uma etapa de 6 meses de diagnóstico e ajuste do projeto. Em seguida, em setembro se iniciou a implantação das obras”, lembra o gerente.

Como funciona

Modelo inovador utilizado por outras companhias nacionais e com excelentes resultados, a Sanesul resolveu adotar essa nova modelagem de contrato. “O objetivo é garantir a continuidade das ações planejadas para o enfrentamento de controle das perdas de água em grandes sistemas de abastecimento. Nesse contrato, a empresa contratada precisa estar comprometida com a eficiência e entrega de resultados. Uma das características é dar rapidez na execução das obras e serviços”, explica o Diretor Comercial e de Operações da Sanesul, Onofre Assis de Souza.

Ainda segundo a gerência de Desenvolvimento Operacional, até o final do contrato, em março de 2024, a expectativa é a recuperação de 6,5 milhões de metros cúbicos e água. Com a empresa contratada responsável por essas obras em Dourados, a Sanesul direcionou esforços e equipes para atuar em outros municípios.

“Além das ações da Sanesul em Dourados através do contrato de performance, a contratação destes serviços permitiu disponibilizarmos mão de obra própria para apoio em outras unidades como Fátima do Sul, Maracaju, Itaporã e Rio Brilhante.

O contrato teve início em março de 2021. Em maio de 2022, atingiu o resultado de 50% da meta prevista, ou seja, 85 mil metros cúbicos de água deixaram de ser perdidos no último mês.

Em Rio Brilhante, já temos resultados expressivos com as ações da equipe da Regional que tem melhorado a infraestrutura de distribuição de água, substituído ramais e eliminando vazamentos. Nas demais localidades estamos avançando em obras de redução de perdas, setorização e implantação de válvulas redutoras de pressão que logo trarão benefícios para os municípios”, afirma o gerente Elthon.

Serviços contratados

Dourados foi a primeira cidade onde a Sanesul adotou essa nova modelagem de contrato. O projeto compreende muitos serviços de engenharia visando aumento da eficiência operacional com redução do volume perdido no sistema de distribuição.  A Companhia de Saneamento de MS assinou o contrato com o consórcio Enolog, formado pelas empresas Enops Engenharia de São Paulo e Log Engenharia de Mato Grosso do Sul, com investimento de R$ 44.800 milhões e foco na redução das perdas de água física e aparente na cidade, visando melhorar a eficiência do abastecimento de água no município. O escopo do projeto compreende vários serviços de engenharia como atualização de cadastro técnico inteligente (georreferenciado), macromedição, micromedição, pesquisa e controle ativo de vazamentos, renovação da infraestrutura, etc. As próximas cidades a receberem essa modalidade de contrato visando redução de perdas serão Ponta Porã e Corumbá.

Deixe seu Comentário

Leia Também