Menu
Buscarsábado, 15 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
27°C
unigran24
banner100
Dourados

Semdes, Cerest e Vigilância Sanitária discutem saúde e segurança do trabalhador

Trabalho conjunto envolverá pequenos e médios empreendedores e instituições de formação profissional

18 julho 2022 - 15h35Por Assessoria

Em busca de melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores e empregadores, a Prefeitura de Dourados tem realizado encontros para debate e promoção do tema. Representantes da Semdes (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico), Vigilância Sanitária e Cerest (Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador), são os responsáveis por levar o tema para instituições e empresas.

De acordo com a coordenadora do Cerest, Vanina Batista de Oliveira, os encontros entre as entidades têm objetivo de mudar a visão dos empregadores, que vêem o órgão como punitivo e opressor. “Nossa missão é trabalhar com a Vigilância em Saúde na promoção da saúde do trabalhador”. Segundo ela, o encontro foi positivo para que sejam desenvolvidas ações voltadas para esse fim.

Em princípio, a previsão é propor palestras orientativas na Sala do Empreendedor sobre saúde e segurança no trabalho e convidar os empreendedores de diversos setores, do ramo de construção civil aos de cuidados pessoais.

Representando a Semdes, a coordenadora da Sala do Empreendedor, Elainne Perez, vê o encontro como oportunidade para informações para os microempreendedores individuais. “Nós atendemos os MEIs e também outros empreendedores que nos procuram na Secretaria. Nós vamos levar essa informação, apresentar o Cerest para esse grupo para que possam também disseminar informação de saúde e segurança do trabalhador”.

Para a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Silvia Bosso, esta iniciativa vem de encontro às demandas e prerrogativas do trabalho de vigilância em saúde do trabalhador, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico que tem contato direto com os pequenos e médios empreendedores, todos no ramo produtivo. “É um jeito da nossa equipe de vigilância também conseguir levar para esse público trabalhador e empreendedor informações sobre prevenção de acidentes e como se proteger, se prevenir e de agravos que possam afetar o seu trabalho”, ressalta.

Serão cumpridas, de imediato, algumas agendas para conhecer novos parceiros, como Sebrae, Fiems, Aced, CDL, as instituições formadoras, com do “Sistema S” que envolvem Senac, Senai, Senar, etc. “Vamos nos aproximar dos parceiros institucionais para que todos possam ceder espaços e assim manter a Saúde do Trabalhador sempre presente nas discussões de trabalho”, completa Silvia.

Deixe seu Comentário

Leia Também