Menu
Buscarterça, 23 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
27°C
Economia

Brasil cria 280.799 empregos formais em fevereiro

15 março 2011 - 20h56Por Redação Douranews, com R7

O Brasil criou 280.799 empregos com carteira assinada em fevereiro, de acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados pelo Ministério do Trabalho nesta terça-feira (15). O resultado é o melhor da história do Caged para meses de fevereiro.

O cadastro do ministério do trabalho foi criado em 1992. O recorde anterior era de fevereiro do ano passado, com criação de 209.425 novas vagas. A geração de empregos em fevereiro deste ano, portanto, foi 34% maior do que o resultado do ano passado.

Os dados de janeiro deste ano também foram revisados nesta terça-feira, de 152.091 – divulgados no mês passado - para 167.943. Com isso, nos dois primeiros meses do ano, foram criados 448.742 novos postos de trabalho.

De acordo com o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, em fevereiro houve expansão em todos os setores da atividade econômica, já com os reflexos dos empregos gerados em razão do carnaval brasileiro.

- Tivemos expansão de empregos de fevereiro generalizada em todos os 25 subsetores com 10 deles apresentando recorde.

Também houve expansão em todas as regiões do país. O resultado de fevereiro já teve o reflexo do carnaval.

No mês, 1,79 milhões brasileiros foram contratados e 1,51 foram demitidos.

Com o resultado, o ministério do Trabalho manteve a previsão para 2011, de criação de 3 milhões de emprego durante o ano todo. Se a previsão se concretizar, o país terá mais um recorde de empregos, com aumento de 20% no número de vagas. No ano passado foram criados 2,52 milhões de empregos com carteira assinada.

Para o mês de março, o ministro não acredita em reflexo positivo do Carnaval - já que alguns setores contratam e outros ficam parados por uma semana - mas aposta em novo recorde, puxado pelos setores da educação e da construção civil.

- Espero novo recorde, e como sou otimista, acredito que teremos novo recorde em março.

Mudança da metodologia

Este ano o ministério do Trabalho está divulgando, mês a mês, a geração de empregos com dados que são enviados pelos empregadores fora do prazo para o ministério. Até o ano passado, esses dados atrasados só eram processados muitos meses depois e por isso os dados eram revisados, e a geração de empregos na verdade acabava maior. Este ano o governo está divulgado mais cedo os dados ajustados. Por isso, divulgou já em março os dados revisados de janeiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também