Menu
Buscarquarta, 12 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
25°C
unigran24
banner100
CAMINHOS DA ROTA

Chilenos e argentinos voltam os olhos a Dourados

Comitiva vem conhecer potencial de desenvolvimento regional

29 maio 2022 - 18h16Por Redação Douranews

O prefeito Alan Guedes recebeu no sábado (28) uma delegação de empresários para discutir as possibilidades de Dourados com a chegada da Rota Bioceânica ao Mato Grosso do Sul, tendo no município um ponto fundamental para sua implantação. Do encontro, além do chefe do Executivo, participaram secretários de áreas estratégicas, como o de Desenvolvimento Econômico, Cleriston José Recalcatti, o de Planejamento, Romualdo Diniz, de Obras Públicas, Luís Gustavo Casarin e Ademar Zanatta, secretário de Agricultura.

Vindos da Argentina e do Chile, os visitantes participaram durante a semana do Fórum “A Integração dos Municípios do Corredor Bioceânico”, que aconteceu na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande e atenderam o convite do professor Lúcio Flávio Sunakozawa, diretor de logística Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) para conhecer Dourados e as possibilidades que o município pode oferecer com a chegada da Rota Bioceânica.

Depois da reunião com o prefeito, a delegação visitou a unidade de Dourados da JBS, onde foram recebidos pela equipe do gerente da unidade, Dirceu Rech, que explanou sobre a planta, considerada a maior do mundo e em fase de ampliação física, tecnológica e de pessoal.

Protagonismo

Alan Guedes mostrou aos visitantes o Plano de Desenvolvimento Econômico de Dourados e um vídeo institucional ilustrando a diversidade econômica da região. “Toda a Grande Dourados terá oportunidade de conquistar novos mercados com a Rota Bioceânia e também com a implantação da Nova Ferroeste. Seja da produção primária ou dos produtos processados pelas nossas indústrias. Esse interesse de empresários de outros países em conhecer as potencialidades do nosso município mostra isso e precisamos estar prontos para esse novo momento”, disse o prefeito.

Segundo o professor Sunakozawa, a passagem dos empresários por Dourados demonstra a importância logística que o município deve ter neste caminho que deve integrar o Centro-Oeste do Brasil ao Pacífico. “Dourados já foi protagonista da Rota Bioceânica desde 1997. Foi o primeiro município sul-mato-grossense a fazer uma articulação com outros países e agora resgata essa esperança de um desenvolvimento sustentável para mostrar o que tem de melhor que é sua agro produção, uma cidade universitária pujante que também vai ser favorecida”, explica.

Outro que falou da importância histórica da Rota Bioceânica foi o argentino Alejandro Safarov, diretor de relações internacionais e logística da Universidade Católica Santiago del Estero. “Sempre nos preocupamos em nos conectar com o resto do mundo, mas não entre nós [países sul-americanos]. Essa é uma grande oportunidade para toda a América Latina, seja de negócios ou de integração turística. Para o Centro-Oeste do Brasil, norte da Argentina, norte do Chile e do Paraguai”, disse.

Na comitiva que visitou Dourados estavam também Alexandre Lucena, presidente da Câmara de Comércio Brasil-Reino Unido; Rafael Cruz, diretor da Interjama Logística e Negócios de Importação e Exportação; Luis Rodrigues Ortiz, assessor internacional da Interjama Logística Argentina-Chile; Wellington Braga, tecnologia de logística e seguros de cargas Somar; Erick Augusto, do departamento de seguros agrícolas na Somar; e Claudio Ribas, consultor do Grupo Allcomex Negócios Internacionais.