Menu
Buscardomingo, 16 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
23°C
unigran24
banner100
SEBRAE ENTREVISTA

Conselheiro destaca função do associativismo

Nilson dos Santos é conselheiro da Aced e do Sebrae/MS

08 agosto 2022 - 16h26Por Natália Moraes

Conselheiro consultivo da ACED e conselheiro do Sebrae/MS,

Nilson dos Santos destaca papel da entidade

na defesa da classe empresarial

Diante de desafios, ter uma instituição com credibilidade e que apoie a classe empresarial fez a diferença em Dourados, segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul. Lá, os pequenos negócios têm a Associação Comercial e Empresarial de Dourados (ACED), fundada em maio de 1945 e que até hoje, desenvolve um papel importante na defesa dos interesses da classe empresarial. Conselheiro consultivo da Associação, Nilson dos Santos, que também é conselheiro do Sebrae/MS, faz um balanço das ações nos últimos anos e da parceria junto ao Sebrae. Ele foi presidente da ACED por duas gestões: entre 1996 a 1998, e de 2019 a 2022, tendo acumulado cinco anos à frente da entidade. Confira:

Como avalia a atuação da ACED nos últimos anos?

Avalio como extremamente positiva, apesar de passarmos por momentos angustiantes da pandemia, onde trabalhamos com reduzidas condições de tempo, colaboradores e receitas. As circunstâncias nos motivaram a realizar um mandato com ênfase no fortalecimento institucional da ACED, promovendo encontros isolados com entidades públicas e privadas, dentro do Terceiro Setor, até conseguirmos de forma abrangente, criarmos uma espécie de “Câmara Democrática Independente”, colaborando com os poderes constituídos e sociedade em geral, discutindo e aprovando leis como Acessibilidade, Código de Postura, Uso do Solo, Orgânica, Plano Diretor do Município, entre outras.

É importante apoiar o associativismo? Por quê?

Tenho por formação o associativismo no sangue. De origem pobre, fui amparado por entidades sociais, ganhando bolsa de estudos para estudar contabilidade e magistério, que possibilitaram uma inclusão nos empregos principalmente na área de comunicação (gráfica, jornal, rádio). Com segurança e conhecimento, participei e dirigi as entidades Interact Clube, Associação dos Gráficos local e estadual, Sindicato dos Gráficos Estadual, Comunidade Católica, Maçonaria (Loja e Assembleia Estadual/GOB-MS), além de participar de Comissões e Conselhos de entidades públicas. Entendo que é necessário fortalecermos o associativismo para termos uma voz uníssona, para enfrentarmos as desigualdades e promover uma autêntica justiça social.

Na sua visão, as ações da ACED e do Sebrae tem trazido benefícios para os empreendedores da região da Grande Dourados?

A ACED tem um cordão umbilical com o Sebrae. Esta parceria foi a alavanca primordial para promovermos a informação, integração e sustentação do empreendedorismo local, regional e estadual. Pela FAEMS, conseguimos este importante elo, para o fortalecimento de nossas Associações Comerciais e Empresariais, promovendo a união e interação, com reuniões gerais e regionais, tendo a participação de diretores e gestores.

A ACED se tornou o arauto da sociedade, protagonizando ações que contribuem para o desenvolvimento regional. Dourados se constitui de um universo produtivo e representativo de relevância para o Estado de Mato Grosso do Sul, com densidade e sustentabilidade na região Sul.

O Sebrae, junto ao Sistema S, está sendo o maior protagonista de todo suporte para promoção de ações de integração das entidades civis e públicas, promovendo e sustentando parcerias que favorecem o desenvolvimento econômico, cultural e social. Destaco dois programas que estão impactando de forma positiva na região da Grande Dourados: Líder e Cidade Empreendedora, com resultados surpreendentes de forma concreta e formação de novos líderes, comprometidos com o bem-estar de sua comunidade.

A ACED agradece ao CDE, Superintendência e Corpo Técnico do Sebrae de Mato Grosso do Sul, a oportunidade de manter este vínculo que já é duradouro, possibilitando uma caminhada de sucesso e comprometimento. Deus nos ajude!