Menu
Buscarsexta, 21 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
27°C
unigran24
banner100
ENERGISA

CPI quer concluir trabalhos até agosto

Após adiamentos da pandemia, Comissão retoma atividades

05 maio 2022 - 09h51Por Redação Douranews

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Energisa prorrogou por mais dois meses o prazo para conclusão das investigações. O término seria em junho, passando, agora, para agosto, em função da interrupção das atividades no período mais crítica da pandemia do coronavírus. A decisão foi tomada na tarde de terça-feira (3) durante reunião,que marcou o reinício das atividades da CPI e demais eventos presenciais na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

A proposta para prorrogação do prazo foi apresentada pelo relator da CPI, deputado Capitão Contar (PRTB). Outros parlamentares integrantes da Comissão - Felipe Orro (PSD), presidente, Lucas de Lima (PDT) e Barbosinha (PP), que é o vice-presidente da CPI, votaram favoravelmente à proposta. Orro presidiu a reunião remotamente e os demais participaram presencialmente.

Também houve decisão favorável de todos os parlamentares à proposta de continuidade da coleta de relógios para verificação de possível irregularidade no sistema de medição. O deputado Capitão Contar informou que já foram recolhidos 93 aparelhos, faltando 107 para completar os 200 da amostragem definida pela CPI. A retirada dos relógios foi marcada para esta quinta-feira, dia 5, para envio à Escola Politécnica da USP.

“Estamos retomando o importante trabalho desta CPI. Tão logo teremos todos os relógios. Acredito que em um dia faremos essa retirada. Depois, esses aparelhos serão analisados pela Escola Politécnica da USP e, no prazo previsto, teremos os resultados da Comissão”, disse o deputado Capitão Contar. O prazo final da CPI era 13 de junho. Com a prorrogação, os trabalhos na CPI devem se encerrar em meados de agosto. 

Deixe seu Comentário

Leia Também