Menu
Buscarsexta, 21 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
27°C
unigran24
banner100
PRA CIMA

Dourados projeta crescimento

Município é destaque em geração de novas vagas de emprego

31 março 2022 - 09h23Por Redação Douranews

O setor industrial de Mato Grosso do Sul foi responsável pela abertura de 1.399 postos formais de trabalho, resultado de 7.083 contratações e 5.684 demissões em fevereiro. No acumulado de janeiro a fevereiro, são 2.724 vagas abertas pela indústria, resultado de 13.868 contratações e 11.144 demissões. Com esse resultado, o conjunto da atividade industrial foi responsável por 25% do total de vagas abertas em Mato Grosso do Sul no período indicado.

Em relação aos municípios, constata-se que em 52 deles as atividades industriais registraram saldo positivo de contratação no período de janeiro a fevereiro de 2022, proporcionando a abertura de 3.174 vagas, com destaque para Dourados, onde se criaram 490 vagas no período. Em seguida, vem Campo Grande (+458), Ribas do Rio Pardo (+360), Três Lagoas (+357), Aparecida do Taboado (+203), Rio Brilhante (+193) e Nova Andradina (+141).

As atividades industriais que mais abriram vagas no mês de fevereiro foram construção de edifícios (+413), obras de infraestrutura (+242), fabricação de calçados de material sintético (+102), fabricação de álcool (+82), confecção de peças do vestuário (+69), fabricação de brinquedos e jogos recreativos (+57), fabricação de óleos vegetais (+49) e fabricação de celulose (+42).

Segundo o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, o conjunto das atividades industriais em Mato Grosso do Sul encerrou fevereiro de 2022 com o total de 135.554 trabalhadores empregados. “Indicando, até aqui, um aumento de 2,0% em relação ao fechamento do ano anterior, quando o contingente ficou em 132.830 funcionários”, afirmou.

A atividade industrial é a que responde por 23,7% de todo o emprego com carteira assinada (CLT) existente em Mato Grosso do Sul, ficando atrás do segmento de Serviços, que emprega 218.498 trabalhadores, com participação equivalente a 38,1%, e Comércio, com 138.359 empregados ou 24,1%.

Deixe seu Comentário

Leia Também