Menu
Buscarterça, 18 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
23°C
unigran24
banner100
DIA DAS MÃES

Movimentação de R$ 341 milhões

Estimativa do Sebrae revela início de otimismo pós-pandemia

20 abril 2022 - 14h46Por Redação Douranews

O Dia das Mães deste ano deve movimentar cerca de 341,1 milhões em Mato Grosso do Sul. O número representa um aumento de 60% em relação a 2021, conforme aponta estudo divulgado nesta quarta-feira (20) pelo Sebrae/MS e o IPF-MS, o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio no Estado.

Na movimentação financeira, R$176,56 milhões serão destinados aos presentes e R$164,54 milhões às comemorações. Com a expectativa maior de consumo, o empresário deve aproveitar a data para lucrar, mas tendo cautela. É o que aconselha a analista-técnica do Sebrae/MS, Vanessa Schmidt.

"O empresário deve estar preparado, porém precavido para o movimento gerado em virtude da data. Apesar da estimativa de aumento de vendas, é necessário evitar medidas que visem o lucro, mas que possam acabar em prejuízo", comentou.

Já para quem vai presentear, as preferências dos filhos serão por artigos do vestuário (26%), perfumes e cosméticos (19%), bolsas e acessórios (12%), flores e cesta de café ou de chocolates (9,5%) e calçados (12%). No momento das compras, os principais atrativos para os consumidores serão pagamento à vista com desconto (62%), atendimento (39%), variedade (31%) e parcelamento (27%).

“Para este ano, percebemos uma intenção mais positiva no cenário de gastos, tanto em comemorações quanto na compra de presentes. Isso denota o início da recuperação do comércio, em relação à pandemia e o fator decisivo na hora da compra, para os clientes, continua sendo o desconto para pagamento à vista”, afirmou Vanessa Schmidt.

Na hora de comprar, 67% dos consumidores comprarão presencialmente de loja física, 14% irão adquirir os presentes pela internet, e por fim, para 6%, a compra será feita a distância de uma loja física.

A pesquisa de intenção de consumo para o Dia das Mães foi realizada nos municípios de Dourados, Campo Grande, Corumbá/Ladário, Bonito, Coxim, Três Lagoas e Ponta Porã. Foram ouvidas 1.819 pessoas, considerando um nível de confiança de 95% e margem de erro que varia entre 5% e 6%.