Menu
Buscarsegunda, 15 de julho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
10°C
unigran24
Tarapacá Day

MS estreita acordos bioceânicos com o Chile

Estado terá escritório em Iquique para agilizar Rota

09 julho 2024 - 16h02Por Redação Douranews

Para dar mais competividade e impulsionar os benefícios da rota bioceânica, o Governo de Mato Grosso do Sul intensifica a parceria e integração com o Chile, onde estão os portos que vão levar produtos do Estado para o mercado asiático. Desta vez foram discutidas novas medidas com o governador de Tarapacá (Chile), José Miguel Carvajal Gallardo.

Entre as ações está a implantação de um escritório de Mato Grosso do Sul em Iquique, capital de Tarapacá, que será um espaço para divulgar as potencialidades do Estado. Outra medida é a criação de uma organização (nos moldes de governança colaborativa) entre governadores dos quatro países, para tratar de questões envolvendo a rota bioceânica.

Sicredi

Já os governos de Mato Grosso do Sul e Tarapacá vão conversar com as companhias aéreas de ambos os estados para tentar viabilizar um voo direto de Iquique a Campo Grande. O objetivo é fortalecer este intercâmbio comercial e cultural entre os lugares, facilitando a ida e vinda de empresários e turistas.

“Mato Grosso do Sul está de portas abertas para promover essa integração. É uma trajetória que está sendo construída e sentimos do Governo de Tarapacá um dinamismo e proatividade para construir as pontes antes da rota estar 100% pronta. Esta relação vai fortalecer os negócios, intercâmbio cultural e turismo. Os portos chilenos serão porta de entrada para ida e volta de produtos”, afirmou o governador.

Riedel destacou que a parceria com o estado chileno vai trazer grandes benefícios ao Estado. “Mato Grosso do Sul vai ter sua casa em Iquique, para podermos promover nosso Estado, assim como Tarapacá já tem seu escritório em Campo Grande. Ainda vamos lutar para conseguir este voo direto. Estamos nos extremos, mas criando um elo e se conectando”.

Para o governador de Tarapacá, José Miguel Carvajal, esta integração trará mais competitividade a ambos os estados, trazendo benefícios a milhares de famílias. “Isto será possível por meio do corredor bioceânico, que deixou de ser um sonho para ser uma realidade. Os empresários sul-mato-grossenses vão ter vantagens tributárias e de logística pelo porto de Iquique para acessar o Oceano Pacífico pela costa do Chile”.

O secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação, Jaime Verruck, descreveu as ações entre os dois estados. “Vamos abrir um espaço de MS em Iquique, mas não precisa enviar funcionário, eles vão cuidar do local, que vai divulgar nossas principais atrações, em um espaço que é público. Em relação ao voo fica este desafio, nem que seja mensal”.

Encontro

Campo Grande sedia o “Tarapacá Day”, que trata de um evento para divulgar as potencialidades e oportunidades de negócio do estado localizado na região norte do Chile. A capital Iquique tem um dos portos estratégicos para viabilizar a rota bioceânica, sendo a saída dos produtos sul-americanos para o mercado asiático, por meio do Oceano Pacífico.

Realizado no Hotel Deville, o evento aberto na segunda (8) e encerrado nesta terça-feira (9) reuniu empresários do Mato Grosso do Sul, assim como representantes da Zona Franca de Iquique (ZOFRI), da Empresa Portuária de Iquique (EPI) e da Embaixada do Brasil no Chile e teve convênios assinados entre o estado chileno com entidades públicas e privadas.