Menu
Buscarquinta, 18 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
15°C
Economia

Neire quer implementar parcerias com micro e pequenos empreendedores

02 março 2011 - 15h29Por Redação Douranews, com Assessoria

A Secretaria municipal de Agricultura, Indústria e Comércio já está preparando uma ampla agenda de eventos e ações que serão desenvolvidas durante este ano em Dourados. São ações envolvendo alguns setores produtivos e que visam incentivar o desenvolvimento econômico do município, em parcerias com diversas instituições.

“A meta é auxiliar o desenvolvimento econômico do município, capacitando, gerando emprego, aumentando renda das empresas  e fomentando a economia local.”, afirmou a secretária Neire Colman. Ela enumerou algumas das ações que estão programadas para os próximos meses, entre elas o lançamento da 4ª. Expoem (Exposição de Empreendedorismo e Moda de MS), no dia 22 deste mês em parceria com Sinvesul e Sebrae.

De acordo com a secretária, durante o lançamento da Expoem estão previstas assinaturas de novos projetos do município para o setor de vestuário e do projeto da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos) entre Sebrae e Senai.

Neire explica que os projetos visam estruturar o setor de vestuário do município, com ações de capacitação de mão-de-obra, ampliação do parque produtivo das empresas, estruturação da produção, melhoramento do produto final com design inovador. Outra meta é implementar o Ceprovest (Centro de Produção de Vestuário e Têxtil) que atuará como um pólo do vestuário na região sul do Estado.

Também estão previstas ações na Praça Antônio João para apoiar o micro empreendedor individual, em parceria com o Sebrae,  através de oficinas tecnológicas e abertura de novos empreendimentos e informações para elaborar a declaração anual de rendimentos do MEI.

A prefeitura vai continuar apoiando a instalação de novas empresas ou ampliações através do PID (Programa de Incentivos para o Desenvolvimento Sócio-Econômico de Dourados), criado através da lei municipal nº 2.478, de 26 de fevereiro de 2002, informou a secretária.

Entre os incentivos estão doação de terreno para implantação de empreendimento novo ou relocalização de micro ou pequenas empresas não poluentes ou empresa de grande porte pertencente à atividade industrial. O PID ainda prevê redução ou isenção de tributos como ISSQN e IPTU.