Menu
Buscardomingo, 23 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
24°C
unigran24
banner100
INDÍGENAS

Sementes e insumos para a produção familiar

Programa de Apoio do Governo distribui 137 ton de sementes

22 abril 2022 - 10h04Por Assessoria

Para fortalecer a produção de comunidades indígenas de Mato Grosso do Sul, o Governo do Estado vai distribuir, nos próximos meses, 137,6 toneladas de sementes de feijão, milho e hortaliças para 75 aldeias sul-mato-grossenses. A iniciativa faz parte do Proacin, o Programa de Apoio às Comunidades Indígenas de MS.

Segundo a Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), licitações para aquisição das sementes já estão autorizadas. Além dos grãos, serão adquiridos insumos e calcário, totalizando 5 mil sacas de 20 kg de milho, 1.860 sacas de 20 kg de feijão e 450 kg de sementes de hortaliças, como abóbora, abobrinha, melancia, quiabo e maxixe, além de 15 toneladas de calcário.

Criado pela gestão Reinaldo Azambuja, o Proacin vem desde 2016 fomentando a agricultura familiar indígena. Além da distribuição de sementes e insumos, o programa repassa aos índios óleo diesel para os maquinários agrícolas e ainda presta assistência técnica, tudo visando a garantia da geração de renda, bem-estar social e a qualidade de vida dessa população.

"O principal objetivo do programa é dar um suporte para que famílias indígenas tenham melhor qualidade na sua alimentação e também tenham produção para comercialização. Atualmente, o governador autorizou investimento da ordem de R$ 7,2 milhões para atender os municípios onde estão localizadas as aldeias indígenas", afirmou o diretor-executivo da Agraer, Fernando Luiz Nascimento.

Ainda para este ano, no âmbito do Proacin, já foram formalizados convênios com as prefeituras para assistência técnica, manutenção de máquinas e aquisição de óleo diesel. Estão previstos o repasse de 284 mil litros do combustível, a disponibilização de R$ 1 milhão para a manutenção de tratores e assistência técnica.

Deixe seu Comentário

Leia Também