Menu
Buscarquinta, 23 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
33°C
cmd nao
Educação

Alunos da UFGD convocam ato contra a greve

03 novembro 2016 - 20h14

Acadêmicos da UFGD vão se reunir nesta quinta-feira (3), daqui a pouco, a partir das 18h30, em frente ao prédio da Reitoria da Universidade, na rua João Rosa Góes, área central da cidade, para alertar sobre possível paralisação de estudantes com a justificativa de apoiar o movimento dos técnicos administrativos que protestam contra a aprovação da PEC 241, do Governo Federal, que limita gastos públicos no País.

“Diante das recentes notícias sobre a deliberação de greve, por motivos político-partidários, onde vislumbramos fortemente a presença de entidades ligadas a oposição do atual governo, sentimo-nos na obrigação de posicionar os estudantes da UFGD contra a deflagração de greve”, diz trecho de manifesto distribuído pelo setor acadêmico. “Devemos preservar a pluralidade política, coisa que estes movimentos se apropriam da classe estudantil como se fosse uma entidade sindical ou ainda o quintal de sua casa”, acrescenta.

“A greve recorrente nas universidades públicas de todo o país é o verdadeiro golpe a sociedade e a democracia”, observa o manifesto estudantil, lembrando que a greve que um pequeno grupo de alunos da UFGD fez em 2015, “não obteve resultado positivo algum, afinal, as reivindicações não foram atendidas”.

No documento dos estudantes contrários à greve, liderados por acadêmicos da Fadir (Faculdade de Direito), há a observação de que “uma nova greve acarreta prejuízos irreparáveis para nossa formação acadêmica, para a nossa carreira”. O ato convocado para às 18h30 é para protestar contra a possível greve estudantil, contra a greve vigente dos servidores e contra uma possível greve dos professores, conforme manifesto divulgado para a imprensa.