Menu
Buscarquinta, 18 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
20°C
Educação

Anhanguera integra Google Apps em sua base tecnológica

24 fevereiro 2011 - 19h48Por Redação Douranews, com Assessoria

Grupo educacional será a maior organização do setor, na América Latina, a utilizar a versão corporativa de ferramenta de colaboração do Google

A Anhanguera Educacional anunciou ontem (dia 21) a integração de Google Apps for Business em sua base tecnológica. Com a aquisição, a instituição passa a ser a primeira de seu setor no Brasil a adotar a versão “for business”, além de ser o maior grupo do setor educacional a utilizar a ferramenta na América Latina. A aquisição representa um passo importante para levar a educação brasileira para patamares internacionais de inovação, com o propósito de transformar o ensino, interferindo diretamente nas relações entre professores e alunos e nas formas de aprendizado.

A aquisição da plataforma Google Apps faz parte de uma série de investimentos em tecnologia que Anhanguera Educacional vem realizando para continuar a oferecer aos alunos educação com qualidade e conveniência, seguindo as normas do Ministério da Educação. A estratégia de negócios e pedagógica contempla o uso de canais de satélite, que hoje somam 27, e internet. “Já somos uma companhia de mídia dentro do setor de educação”, afirma Alexandre Dias, CEO da Anhanguera.  Todos os mais de 310 mil alunos do grupo e egressos terão acesso irrestrito ao Google Apps for Business, além de professores e funcionários técnico-administrativos.

A implantação da plataforma de Google oferecerá diversos benefícios. A solução estimulará o autoaprendizado, a colaboração e a troca de experiências e conhecimento, sem os custos e a complexidade de manutenção e atualização de hardware e software. “O investimento em tecnologia é fundamental para as instituições de ensino continuarem a crescer com qualidade e eficiência”, comenta Antonio Schuch, diretor de enterprise do Google para a América Latina. Segundo o executivo, mais de dez milhões de estudantes ao redor do mundo usam Google Apps em instituições como Brown University, Northwestern University, University of Southern Califórnia, Arizona State University, University of Notre Dame, entre outras.

Na prática, a solução de Google permitirá a alunos e professores, por exemplo, terem uma conta de e-mail e criar sites, onde poderão hospedar e compartilhar conteúdos, como trabalhos, provas, textos complementares, reportagens da imprensa, vídeos e audiocasts. Além disso, terão a oportunidade de acessar ferramentas de comunicação instantânea, criar grupos e comunidades de interesses, bem como ministrarem ou assistirem aulas via Web e até por dispositivos móveis. Outro benefício direto é que todos os envolvidos poderão ter acesso ao calendário de eventos da instituição, datas de provas, divulgação de notas e boletos de mensalidade. “Um exemplo do uso da ferramenta no dia a dia é a possibilidade de criação dos trabalhos em grupo na internet, por vários alunos, em tempo real, independente de estarem fisicamente reunidos no mesmo local”, conta Schuch. Google Apps oferece capacidade de armazenamento 50 vezes maior que a média, o que representa 25 GB para cada conta de e-mail. Além disso, a solução poderá ser utilizada em qualquer lugar, com diversos dispositivos – de smartphone a notebook -, já que os dados estarão hospedados em nuvem.

“Com Google, queremos introduzir novos conceitos no processo educacional e romper com alguns paradigmas. Um dos mais relevantes é mudar o papel do professor, que deixa de ser agente, para se transformar em estimulador e orientador, e do aluno, que sai de uma função receptiva para assumir uma posição de  agente. Pretendemos estimular o autoaprendizado, por meio da interatividade, a colaboração e a mobilidade, além de tornar as relações entre alunos e professores mais próximas e horizontais”, destaca Ana Maria Costa, vice-presidente Acadêmica.

Ao investir em uma plataforma digital inovadora, atualizada e flexível, a Anhanguera Educacional também permite ao estudante o contato com tecnologias utilizadas em grandes corporações no mundo, tornando-o mais preparado para desafios profissionais. “Queremos oferecer aos jovens trabalhadores que estudam na instituição a possibilidade de ter acesso às soluções tecnológicas mais avançadas do mercado, que contribuam para o seu aprimoramento acadêmico e profissional”, explica Antonio Carbonari Netto, fundador e presidente do Conselho de Administração da Anhanguera.