Menu
Buscarterça, 23 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
27°C
Educação

Mestranda da UFGD é recebida por Nélida Pinõn

18 março 2011 - 21h52Por Redação Douranews, com Assessoria
A mestranda do Programa de Pós-Graduação em História, da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Aline Morales Moreti Cavalcante, foi recebida pela escritora Nélida Pinõn, no último dia 11 de março, em seu apartamento, no bairro da Lagoa, Rio de Janeiro.

Nélida é primeira mulher, em 100 anos, a presidir a Academia Brasileira de Letras (1996-1997), no ano do seu I Centenário. O encontro foi uma colaboração de Nélida Pinõn para o desenvolvimento do projeto de Aline Cavalcante, intitulado “Entre a ficção e a história: uma análise dos contos das Mil e Uma Noites na releitura de Nélida Pinõn”, e contou com apoio do Programa de Pós-Graduação.

Uma das questões abordadas foi a visibilidade que a escritora proporcionou em “Vozes do deserto” às personagens femininas. Sherazade, Dinazarda e Jasmine, por exemplo, tem um protagonismo dificilmente encontrado nas traduções de As Mil e Uma Noites.  Também foi tema de discussão a participação da mulher na literatura e as representações que a ela são atribuídas.

Esse assunto faz parte da temática de Relações de Gênero e História das Mulheres, contemplada pelo Programa de Pós-Graduação em História da UFGD, e que segundo o prof. Dr. Losandro Antonio Tedeschi (orientador do projeto de Aline), demonstra a abertura do programa para outras fontes e a diversidade de temáticas que podem ser pesquisadas. Nesse caso, a Literatura pode ser colocada em foco já que o direcionamento do papel das mulheres nos livros sinaliza o posicionamento na sociedade.

A iniciativa de Aline Cavalcante em estudar os contos surgiu a partir da leitura da obra de Pinõn em contrapartida com as outras traduções publicadas no Brasil, como a de Ferreira Gullar e Mamude Mustafa Jaroude.