Menu
Buscarsábado, 18 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
22°C
Educação

“Universidade pode contribuir muito para o desenvolvimento no Estado”, afirma Reinaldo

11 novembro 2016 - 12h38

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) tem papel preponderante para o desenvolvimento regional, destacou o governador Reinaldo Azambuja nessa quinta-feira na abertura do seminário “Da Inclusão à Inovação: O papel da UEMS no desenvolvimento de MS”.Realizado peloTribunal de Contas do Estado (TCE), UEMS e Governo do Estado, o evento tem como objetivo debater qualidade, valorização, ampliação e financiamento do ensino superior.

O governador destacou que a construção e o legado que se almeja para Mato Grosso do Sul são desafios que se impõem a todos: agentes políticos, gestores, cientistas, pesquisadores e educadores. Reinaldo frisou ainda que a iniciativa é louvável e coloca em debate a importância do processo de inclusão e o alcance da inovação nesse momento em que a convergência tecnológica se coloca como viés fundamental na busca de soluções à crise.

“A atividade acadêmica, voltada ao pensamento, à pesquisa, criação, extensão, aplicação da ciência e tecnologia, seja para a formação ou qualificação profissional, seja para contribuir com a inovação e eficiência de gestão, passa, então, a ter papel importante no processo de desenvolvimento. Não o desenvolvimento estreito, centralizado, mas o progresso social, que atenda as pessoas e que promova a inclusão e valorize as vocações regionais. Nesse contexto, há que se reconhecer e valorizar o papel a universidade no processo”, afirmou.

UEMS (105)
Presidente da Corte de Contas, Waldir Neves, e governador Reinaldo Azambuja discursando em evento/ Foto: Chico Ribeiro

O presidente da Corte de Contas, Waldir Neves, deu destaque ao papel pedagógico do tribunal como orientador e salientou a busca na ampliação do leque de parcerias, buscando interação com as diversas instituições públicas.

“Estamos ampliando nosso alcance de atuação com a interação junto a diversas instituições publicas no sentido de apontar soluções. Esse é o desafio de todos. E esse evento é justamente nesse sentido, para que os órgãos que podem auxiliar participem. A universidade é a mola propulsora do conhecimento e dessa forma tem muito a contribuir com a sociedade”, declarou Neves.

Desenvolvimento regional

Reinaldo destacou ainda a preocupação e o grau de mobilização da Universidade Estadual que nasceu com a missão de atender uma demanda represada pela necessidade de interiorizar a formação e qualificação profissional e assim contribuir com a expansão industrial.

“Pode-se dizer que a interiorização é uma marca da nossa Universidade Estadual, pois reduziu as desigualdades regionais, sem deixar de lado uma de suas orientações básicas, que é a pesquisa acadêmica, a aplicação dos conceitos científicos na resolução dos problemas comuns da sociedade. Acreditamos que hoje a sociedade já tem a percepção de que a Universidade é parte do mecanismo que gera desenvolvimento e não apenas forma e qualifica, mas também contribui para a inovação e a eficiência de gestão”, frisou.

UEMS (112)
Reinaldo reforçou engajamento da comunidade acadêmica do processo de desenvolvimento/ Foto: Chico Ribeiro

Antes de encerrar, o governador relembrou a participação na última terça-feira (8), na posse do professor Marcelo Turine no cargo de Reitor da Universidade Federal. “Manifestamos o desejo de continuar contando com o engajamento da comunidade acadêmica no planejamento e na realização de ações que promovam o progresso social, a melhoria da qualidade de vida da população”, finalizou.