Menu
Buscarquarta, 22 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
27°C
Entretenimento

PMA reforça fiscalização com entrada da pesca do tipo pesque-solte

30 janeiro 2017 - 17h19

A abertura do pesque-solte no rio Paraguai inicia nesta quarta-feira (1), mas, para que a atividade seja feita de forma correta, a PMA (Polícia Militar Ambiental) de Mato Grosso do Sul tem desenvolvido todos os anos, desde 2009, um trabalho estratégico de fiscalização, em razão da abertura da pesca na modalidade pesque-solte no leito do rio.

A estratégia tem sido a seguinte: Na calha do rio Paraguai, o Comando da PMA reforça o policiamento nos municípios de Corumbá e Porto Murtinho. Equipes reforçam ainda mais os trabalhos na calha do rio Paraguai, especialmente na fronteira com o Paraguai e Bolívia, bem como na região de divisa com o Mato Grosso, inclusive, na área do entorno do Parque Nacional do Pantanal.

Equipes da sede (Campo Grande) serão deslocadas para o reforço da fiscalização na calha do rio Paraguai. A fiscalização reforçada é com o objetivo de evitar que os pescadores que praticarão a modalidade permitida (pesque-solte) matem o peixe, pois, caso isto ocorra a pessoa será presa por pesca predatória. Equipes estarão na região do Porto Geral, de onde sairão as embarcações pesqueiras com os turistas, para trabalho de orientação.

Rio Paraná

Nos Lagos das Usinas do Rio Paraná continua podendo haver pesca, sendo para o pescador amador permitida a captura de 10 kg mais um exemplar de peixes exóticos e não nativos da bacia, tais como: tucunaré, corvina, tilápia, bagre africano, etc. Para o pescador profissional não existe cota de captura destas espécies, desde que não utilize petrechos proibidos, incluindo redes de pesca.