Menu
Buscarsábado, 20 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
14°C
Esportes

Botafogo, sem Loco Abreu, joga contra o Voltaço no Engenhão

05 março 2011 - 17h32Por Redação Douranews, com Band
O Botafogo enfrenta o Volta Redonda neste sábado, às 17h, no Engenhão, pela estreia na Taça Rio em busca um bom resultado para afastar de vez a desconfiança. Depois da eliminação na semifinal da Taça Guanabara e de conseguir a classificação na primeira fase da Copa do Brasil nos pênaltis, o botafoguense ficou com um pé atrás com o time. Por outro lado, o Voltaço também precisa vencer. A equipe somou apenas cinco pontos no primeiro turno e luta contra o rebaixamento no estadual.

O Botafogo não terá a presença do atacante Loco Abre e do volante Marcelo Mattos. O uruguaio se recupera de uma inflamação no nervo ciático, mas ainda não tem condições de jogo. Já Marcelo Mattos está em fase avançada de recuperação, mas ainda não 100% bem.

“Não conto com Abreu para esse jogo. Nem trabalhou com bola hoje (ontem, no recreativo). Espero um novo relatório do departamento médico para o jogo de quarta. Mattos também não trabalhou com bola, apesar de estar em estágio avançado de recuperação. É difícil assim”, disse o técnico do Alvinegro, Joel Santana.

Segundo ele, o Glorioso não irá para o jogo contra o Volta Redonda muito diferente das outras partidas. O treinador gostou da atuação do time na partida contra o River Plate-SE e deve mantê-lo.

“Não vou mudar muito minha equipe, irei com o que tenho. Mas acho que o time se comportou bem nos dois tempos contra o River. Ali, sentimos por conta do nervosismo. Coloquei alguns jogadores muito jovens. Alguns jogadores que eram titulares não participaram do jogo. Somália é um exemplo. Optei pelo Lucas, precisava da juventude dele, de ir para a frente. Criamos na raça, na força. Perdemos muitos gols, situações claras. Era para ter sido 2 ou 3”, disse Joel.

O zagueiro Antônio Carlos foi carrasco do Volta Redonda em 2005, jogando pelo Fluminense, ao marcar de cabeça o gol do título nos minutos finais. O camisa 3 espera repetir a dose neste ano e levantar a taça. “Acho que o pessoal do Volta Redonda não gosta muito de mim (risos). Fico feliz pelas lembranças, foi um ano legal, que fiquei conhecido, mas agora é um momento novo. Se eu for bi campeão pelo Botafogo, vai ser bem melhor”, disse.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO
Jefferson, Lucas, Antônio Carlos, Márcio Rosário e Marcio Azevedo; Rodrigo Mancha, Bruno, Everton e Renato Cajá; Caio e Herrera. Técnico: Joel Santana

VOLTA REDONDA
Mauro; Rafael Mineiro, Ávalos, Padovani e Fabinho; Jonilson, Bruno Lança, Léo Capixaba e Glauber; Kanu e Pedro Henrique. Técnico: Dário Lourenço

Estádio: Olímpico João Havelange (Engenhão), no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 5/3/2011, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (RJ). Auxiliares: Wagner de Almeida Santos e Jackson Lourenço Massarra dos Santos (RJ)