Menu
Buscarquarta, 17 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
16°C
Esportes

SP se firma como ataque mais democrático do Paulista

07 março 2011 - 15h40Por Redação Douranews, com UOL Esportes

Um time de goleadores. É assim que se pode resumir o São Paulo no Campeonato Paulista. Não pelas características ofensivas dos jogadores, mas porque exatamente 11 atletas do time tricolor já balançaram as redes no Estadual, o maior número entre os 20 participantes da competição.

O bom momento são-paulino e a força ofensiva do time montado pelo técnico Paulo Cesar Carpegiani contribuem para que quase todos os jogadores que entraram em campo no Paulistão tenham feito gols. Dos jogadores considerados titulares, apenas Juan, Alex Silva, Casemiro e Carlinhos Paraíba ainda não deixaram sua marca.

Homens de frente, Fernandinho e Dagoberto são os artilheiros do time com quatro e três gols, respectivamente. Rogério Ceni também aparece com três tentos graças aos gols de falta e pênalti. Tem também para os meio-campistas e até para os zagueiros e seus gols de cabeça.

“Quando você tem um jogador que se destaca individualmente, o adversário marca. Com dois, ainda é possível controlar. Mas, quando você tem quatro aí a coisa fica mais complicada para parar”, elogiou Carpegiani após a vitória por 2 a 0 sobre o São Caetano no último sábado.

Das outras equipes, curiosamente o Corinthians é quem tem o maior número de jogadores com gols no Paulista, 10, mas isso se refere muito mais ao início do Estadual do que à situação atual, já que agora Liedson é isolado o artilheiro da equipe e do campeonato com oito gols.

Nos outros dois clubes grandes, a dependência de Elano, Maikon Leite e Zé Love no Santos e de Kleber no Palmeiras faz apenas seis e sete jogadores terem feito gols pelos dois times, respectivamente