Menu
Buscarquarta, 17 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
18°C
Futebol

Corinthians perde invencibilidade para 'carrasca' Ponte Preta

10 março 2011 - 10h45Por Redação Douranews, com Band Esportes

O Corinthians perdeu a invencibilidade no Paulistão, novamente, para a Ponte Preta. Nesta quarta-feira, em pleno Pacaembu, a Macaca fez 1 a 0 e bateu o último invicto do Campeonato Paulista após 12 rodadas.

Em 2010, o time de Campinas também acabou com a série sem derrotas do Timão ao vencer por 2 a 1 no Moisés Lucarelli.

O carrasco da vez foi Everton Santos, ex-jogador do Corinthians. Com o resultado, o Timão segue na liderança, com os mesmos 25 pontos do Palmeiras, mas pode ser ultrapassado pelo São Paulo – nesta quinta, o Tricolor recebe o Ituano e pode chegar à mesma pontuação, mas assumiria a ponta no critério de desempate (ficaria com uma vitória a mais).

O jogo

Sem seu melhor jogador - Renatinho, que fora liberado horas antes do jogo para acompanhar o nascimento de sua filha em Campinas - a Ponte começou o jogo sofrendo com as investidas rápidas do Timão.

Logo a 8 minutos, Liedson tocou de calcanhar para Paulinho, que invadiu a área e chutou rasteiro para fora.

Mas as duas equipes marcavam muito e travavam as ações na intermediária. Para furar a muralha campineira, Dentinho apostou nas jogadas pelos flancos. Era o caminho para o Timão botar fogo no jogo. Aos 24, ele invadiu a área pela esquerda e cruzou para Liedson, que se antecipou ao goleiro e tocou para fora.

Já aos 33 minutos quem fez a jogada de linha de fundo foi Morais, que tocou para trás e Dentinho finalizou rasteiro, com perigo.

Mas a Ponte mostrava por que se mantinha há 9 rodadas sem derrotas no Paulista e segurou o ataque corintiano como pode.

E se o ataque campineiro também não funcionava, tinha quem finalizasse pela Ponte. Como assim? Pois Guilherme, aos 2 minutos da etapa final, fez jogada pela direita, cruzou fechado e quem carimbou a trave em grande estilo foi Alessandro. Pânico no Pacaembu. A bola, caprichosamente, tocou na trave, voltou para o meio da área e a defesa afastou. Que susto!

Dez minutos depois, no entanto, a Ponte não precisou mais da ajuda de Alessandro e abriu o placar. Éverton Santos recebeu na entrada da área e chutou. Julio Cesar ainda espalmou, mas para a própria meta. Era o gol da Macaca.

Dentinho tentou recolocar o Timão no jogo, após grande lance aos 19 minutos. Tite, por sua vez, apostou em Edno no lugar de Morais. O atacante mostrou serviço aos 23, quando desperdiçou boa chance dentro da área.

Mas o Corinthians não lograva sucesso nas investidas ao ataque. Diante de 11 homens da Ponte postados no campo de defesa, o Timão apelou para a jogada aérea. Aos 47, o último suspiro foi de Leandro Castán, cuja cabeçada explodiu na trave de Bruno, para desespero da torcida corintiana.

Único invicto remanescente no Campeonato Paulista até o início da partida, o Timão vê, na noite desta quarta-feira, sua primeira derrota na competição.

Agora, a Ponte Preta volta a campo para enfrentar o Grêmio Prudente em Campinas, no sábado (12). Já o Timão visita o Mirassol no domingo (13), em jogo entre líderes do Campeonato Paulista.


FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS 0 x 1 PONTE PRETA

Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 8/3/2011 - 21h50
Árbitro: Philippe Lombard
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse e Marco Antonio de Andrade Motta Junior
Renda/público: R$ 354.996,50 / 12.126 pagantes
Cartões amarelos: Fábio Santos, Ramírez (COR); Ricardinho, Ferron, Leandro Silva, Mancuso (PON)
GOLS: Éverton Santos, 12'/2ºT (0-1)

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro (Willian, 35'/2ºT), Wallace, Leandro Castán e Fábio Santos (Luís Ramírez, 28'/2ºT); Ralf, Paulinho, Morais (Edno, 19'/2ºT) e Bruno César; Dentinho e Liedson. Técnico: Tite.

PONTE PRETA: Bruno; Guilherme, Leandro Silva, Ferron e João Paulo; Josimar, Mancuso (Gerson, 41'/2ºT), Gil e Ricardinho (Tiago Luís, 25'/2ºT); Márcio Diogo  (Válber, 28'/2ºT) e Éverton Santos. Técnico: Gilson Kleina.

Deixe seu Comentário

Leia Também