Menu
Buscarterça, 21 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
18°C
Futebol

Inter nega adulteração de documentos na briga para não ser rebaixado

10 dezembro 2016 - 10h35

A denúncia da CBF sobre o uso de documentos falsos no pedido do Inter para reabrir o caso Victor Ramos caiu como uma bomba no Beira-Rio. Poucas horas após o envio do ofício da entidade ao STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) para que apure o caso, o clube convocou seu departamento jurídico para dar esclarecimentos na noite desta sexta-feira (9) e, além de negar qualquer adulteração, garantiu a autenticidade dos e-mails sob suspeita.

A CBF enviou ao STJD um ofício no qual afirma que os e-mails que vazaram nesta semana com uma suposta conversa entre diretor de Registro e Transferência da CBF, Reynaldo Buzzoni, e dirigentes do Vitória, foram adulterados. As mensagens eletrônicas foram utilizadas pelo Inter para tentar reabrir o processo sobre inscrição irregular do zagueiro e, com isso, tirar pontos do time baiano e evitar o rebaixamento.

Há também uma solicitação da CBF para que a denúncia seja encaminhada ao Ministério Público do Rio de Janeiro para que seja apurada a possível ocorrência de crime. Sobre essa possibilidade, os advogados colorados garantiram que vão usar de todos os meios possíveis para provar a autenticidade dos documentos encaminhados por eles ao STJD.

Matemática difícil

O Inter enfrenta o Fluminense às 17 horas locais deste domingo (11), no estádio Giulite Coutinho, no Rio de Janeiro. O time tem obrigação de vencer para escapar do primeiro rebaixamento da história do clube. A equipe ocupa a atual 17ª colocação na tabela, com 42 pontos. Tem dois a menos que o Sport, 16º, e três a menos que o Vitória, 15º.

O Colorado garante a permanência com vitória sobre o Flu e empate entre os pernambucanos e o Figueirense, na Ilha do Retiro – os dois times teriam a mesma pontuação, mas o Colorado leva vantagem no saldo. Para rebaixar o Vitória, os comandados de Lisca têm de vencer, contar com um revés dos baianos contra o Palmeiras e ainda livrar uma diferença de seis gols no saldo.

Deixe seu Comentário

Leia Também