Menu
Buscarsábado, 20 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
14°C
Mundo

EUA estão prontos a agir com urgência na Líbia, diz Barack Obama

19 março 2011 - 18h15Por Redação Douranews, com G1

O presidente dos EUA, Barack Obama, disse neste sábado (19) que o consenso sobre uma ação militar na Líbia é "forte", que o povo líbio deve ser protegido e que os EUA estão prontos a agir. "Nosso consenso é forte, e nossa resolução é clara”, acrescentando que "o povo da Líbia deve ser protegido e, na ausência do fim imediato da violência contra civis, nossa coalizão está preparada para agir e agir com urgência."

Obama disse que sua visita ao Brasil é uma "oportunidade histórica", afirmando que os EUA vão trabalhar junto com o Brasil para a reforma do Conselho de Segurança da ONU, mas não citou diretamente sobre a aspiração brasileira de uma vaga permanente no conselho, comentada pouco antes pela presidente Dilma Rousseff.

O presidente americano agradeceu à presidente Dilma pela recepção e disse que o fato de o Brasil ser sua primeira parada na visita à América Latina não é um acaso. Ele citou o "crescimento extraordinário" do Brasil, celebrando o fato de o país ter saído da ditadura para a democracia e a ascensão social criada pela distribuição de renda.

Obama reafirmou que os EUA apóiam o crescimento econômico do Brasil. Ele disse que a visita é uma "oportunidade histórica" para colocar EUA e Brasil na rota do crescimento. Para ele, o Brasil é o um dos principais parceiros comerciais dos EUA, mas que "há muito a fazer", lembrando que os dois países anunciarão uma série de acordos, também na área de ciência e tecnologia.

Ao final, Obama disse que as empresas americanas devem ter um papel na criação de infraestrutura para a Copa do Mundo do Brasil e também citou a cooperação no pré-sal, recordando da atuação humanitária de EUA e Brasil em crises como a do Haiti e a participação do país no Conselho de Direitos Humanos da ONU.