Menu
Buscarsábado, 13 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
25°C
Mundo

Qathafi aceita comissão da União Africana para verificar crise política

03 março 2011 - 17h57Por Redação Douranews, com Agência Brasil

O governo da Líbia informou hoje (3), por meio da embaixada no Brasil, que aceita a proposta de uma comissão externa para verificar a situação de crise política na região. A iniciativa, de acordo com a representação líbia, é do Conselho de Paz e Segurança da União Africana. Paralelamente, a Liga Árabe analisa a proposta do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, para que ele comande uma comissão de paz também na Líbia.

O comunicado é assinado pelo Comitê Geral da Comunicação Externa e Cooperação Internacional. “Aceitamos a resolução do Conselho de Paz e Segurança da União Africana, de enviar uma missão com membros do conselho à Grande Jamahiriya [referência à Líbia] para avaliar no território os acontecimentos que tiveram lugar nos últimos dias”, diz o texto.

“O Comitê Popular Geral da Comunicação Externa e Cooperação Internacional declara que a Grande Jamahiriya saúda essa comissão e incentiva o conselho a enviá-la o mais rapidamente possível, acrescenta o documento". As autoridades líbias, de acordo com a nota, irão fornecer todas as facilidades para observarem tudo sobre o que aconteceu”.

As autoridades líbias negam que os confrontos tenham se intensificados nos últimos dias e que há ataques aéreos promovidos pelo governo líbio. Segundo organizações não governamentais, pelo menos mil pessoas morreram nos confrontos entre manifestantes contrários a Khadafi e favoráveis a ele.

No comunicado, não há referência sobre a proposta de Chávez. O venezuelano disse ter feito a sugestão a Qathafi. Segundo Chávez, os Estados Unidos tentam liderar o movimento de intervenção na Líbia para ampliar o domínio na região.