Menu
Buscarquinta, 13 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
32°C
unigran24
banner100
CORONAVÍRUS

Vacina a cada 4 meses

Medida foi anunciada para vigorar a partir de agora na Venezuela

16 março 2022 - 10h39Por Redação Douranews

O presidente Nicolás Maduro anunciou que os venezuelanos terão de receber, a cada quatro meses, uma dose de vacinação de reforço contra o novo coronavírus.Maduro fez pronunciamento ao país, pela televisão estatal, em que apresentou balanço dos dois anos de aplicação da quarentena preventiva da doença.

"A partir de agora e até novo aviso, até que se descubram medicamentos que curem o novo coronavírus como mais uma gripe, ou até que chegue o momento em que se produza uma vacina que dê ao corpo imunidade por muito tempo, vamos ter de aplicar a dose de reforço de quatro em quatro meses", disse.

"Toda a população deve submeter-se à vacinação de reforço para que possamos continuar a controlar o novo coronavírus e continuar com as nossas atividades sociais, econômicas, etc", disse o governante. Maduro explicou que o governo venezuelano "fez das tripas coração" para conseguir as vacinas, com a ajuda da Rússia, China e de Cuba.

Acrescentou que o país "avança na vacinação de 100% da população com mais de 18 anos" e que a taxa de imunização entre a população de 2 a 17 anos é de 60%. "Não podemos baixar a guarda. Um dos elementos-chave desta etapa em que entramos no controle elevado do novo coronavírus é a vacinação", destacou Maduro.