Menu
Buscarquinta, 18 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
20°C
Última Notícia

Indústria Ativa Campo Grande inova e chega às comunidades para qualificar trabalhadores

02 março 2011 - 16h43Por Redação Douranews, com Assessoria
O presidente da Fiems, Sérgio Longen, apresentou o Programa aos moradores do Dom Antônio Barbosa

A Fiems lançou ontem à noite (01/03) na região do Bairro Dom Antônio Barbosa o novo formato do Programa Indústria Ativa Campo Grande que, a partir de agora, vai levar os serviços do Sesi e Senai diretamente às comunidades para qualificar a mão-de-obra com base nas demandas levantadas por pesquisas, além de oferecer atendimento médico-odontológico e consultoria do Sebrae/MS aos pequenos comerciantes. “Nossa pesquisa indicou que existem 2.700 pessoas desempregadas nesta região. Vamos qualificá-las nos próximos dois meses em vários cursos”, garantiu o presidente da Fiems, Sérgio Longen.

Durante o lançamento do Programa, no campo de futebol do Dom Antônio Barbosa, mais de 250 pessoas fizeram pré-cadastro em diversos cursos. Agora, o Senai vai fazer a programação das grades, com organização das turmas, para efetivação das matrículas no próximo dia 12, quando será realizado no mesmo local uma grande ação do Sesi de combate à dengue. “Teremos atividades durante o dia inteiro”, adiantou Longen.

O presidente da Associação de Moradores do Bairro Dom Antônio Barbosa, Rubens Honório Alcântara, expressou o impacto que a iniciativa do Sistema Fiems está produzindo na região, inclusive de outros bairros, como Parque do Sol. “Essa ação é sinônimo de qualidade de vida e é isso que a nossa população precisa. O grande número de pessoas quer demonstraram interesse em fazer os cursos mostrar que nossa comunidade quer trabalho e emprego. Tenho certeza que vamos conseguir formar as turmas para fazer os cursos oferecidos”, garantiu.

Ação Ativa

O Programa Indústria Ativa Campo Grande está oferecendo aos moradores da região do Dom Antônio Barbosa qualificações profissionais nas áreas da construção civil, têxtil e vestuário, mecânica de manutenção e alimentos, com cursos de armador, carpinteiro, eletricista, encanador, pedreiro e pintor, costura industrial, mecânico de bicicleta, padeiro e processo de desossa. Já o Sesi vai levar até a comunidade os serviços de odontologia, ginecologia e escovódromo, além dos cursos dos projetos de Inclusão Digital, Cozinha Brasil, Biblioteca Itinerante e ação contra a dengue.

A grande ação comunitária contra a dengue, que será realizada no próximo dia 12 de março, durante todo o dia, vai integrar os serviços de Sesi, Senai e Sebrae. Neste dia serão formadas as turmas para os cursos de qualificação e programados os atendimentos da unidade médico-odontológica do Sesi.

Ainda durante a ação de cidadania, o Sebrae/MS vai levar uma unidade móvel para dar apoio aos micro e pequenos empresários da região. “Estamos chegando às comunidades para buscar a mão-de-obra que existe e que a indústria precisa. Vamos estender esta ação para todas as regiões da cidade,” anunciou o presidente da Fiems.

Lideranças e comunidade

O presidente do conselho comunitário de segurança da região do Grande Los Angeles, José Carlos Pereira, comemorou a chegada da Fiems à comunidade. “É muito bom perceber que podemos contar com mais esta força, pois a maioria da nossa comunidade é formada por pessoas carentes que tem vontade de fazer os cursos, mas, por falta de condições financeiras para pagar pelo transporte coletivo urbano até o centro da cidade, acabam desistindo. Com os cursos vindo até os bairros, com certeza teremos uma grande procura”, explicou.

A secretária do conselho comunitário de segurança da região do Grande Los Angeles, Francisca Maria de Melo, também destacou a importância da iniciativa do presidente Sérgio Longen. “Aqui é um local carente e os moradores precisam de qualificação para tentar uma colocação no mercado de trabalho. Estamos em festa. Esta ação atende diretamente a necessidade dos moradores”, previu, informando que coletou pessoalmente mais de 100 pré-inscrições dos interessados em fazer os cursos oferecidos pelo Senai.

Segundo a moradora Fabrícia de Barros Ferreira, 20 anos, a iniciativa da Fiems é excelente. “Nunca ninguém tinha feito algo parecido aqui no Dom Antônio Barbosa. Eu sou doméstica, mas estou desempregada. Por isso, pretendo fazer o curso de costura industrial para conseguir uma colocação no mercado de trabalho”, informou.

Assim também pensa Magno Batista dos Santos, 25 anos, que está desempregado e pretende fazer um dos cursos na área de construção civil para arrumar um trabalho. “Nunca tinha visto algo tão grandioso assim antes aqui no nosso bairro e também na região. O presidente Sérgio Longen está de parabéns. Eu gostei muito”, declarou.

Na avaliação do morador Marcelo Marcos Brito de Jesus, 35 anos, o presidente da Fiems demonstrou a preocupação com o futuro dos moradores do Bairro Dom Antônio Barbosa. “É uma boa idéia essa de trazer até o bairro os cursos de qualificação profissional. Eu pretendo fazer o curso de pedreiro. Quero me aperfeiçoar, pois já trabalho nessa área e sei da falta de profissionais capacitados no mercado”, ressaltou.

Deixe seu Comentário

Leia Também