Menu
Buscarquinta, 23 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
33°C
Finanças Pessoais

Prefeitura não esconde realidade e abre debate com enfermeiros sobre salários

16 janeiro 2017 - 19h16

Após mobilização dos profissionais de enfermagem, que aconteceu em frente à sede do CAM (Centro Administrativo Municipal), onde funcionam as principais repartições da Prefeitura, na manhã desta segunda-feira (16), o grupo foi recebido pelos secretários municipais de Fazenda, João Fava e de Saúde, Renato Vidigal, além do chefe do Departamento Financeiro da Secretaria de Fazenda, Jorge Castro.

Diante da apresentação das pautas de reivindicação dos trabalhadores, os representantes da prefeita Délia Razuk (PR), que cumpria agenda política em Campo Grande, onde também aconteceu, nesta segunda, a eleição para renovação da diretoria da Associação dos Municípios do Estado, foram solidários ao movimento dos enfermeiros, mas, colocaram a realidade encontrada no comando do Município para argumentar sobre a impossibilidade em cumprir as reivindicações apontadas.

Os trabalhadores do setor reclamam de perdas salariais, reconhecidas pelos secretários que se prontificaram em trabalhar para tentar colocar em dia, inclusive, sobre o 1/3 hora. O setor financeiro do Município ficou de avaliar a solicitação até o dia 10 de fevereiro.

Dependendo do comportamento da arrecadação municipal, informaram Fava e Jorge Castro, o Município deverá quitar essas pendências e abrir o debate quanto à produtividade reclamada. Ficou combinado, ainda, que a diferença do 1/3 hora será paga na folha de fevereiro para o pessoal dos níveis fundamental e médio. “Havendo arrecadação, podemos pagar o superior também, em folha complementar, porém, caso isso não seja possível, será pago na folha de fevereiro, a ser quitada em março, com efeito retroativo”, informaram os representantes da prefeita.

Os trabalhadoras reconheceram a dificuldade financeira dos municípios e elogiaram a forma como foram tratados pelos secretários municipais. Uma próxima reunião ficou agendada para o dia 10 de fevereiro, a fim de manter os entendimentos em alto nível, conforme destacaram as partes envolvidas na negociação.

Deixe seu Comentário

Leia Também