Menu
Buscarterça, 21 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
16°C
Finanças Pessoais

Procon encontra produtos de Natal 8,1% mais caros em Dourados

22 dezembro 2016 - 14h38

As servidoras Iara Nascimento e Eliane de Santana, do setor de fiscalização e pesquisas do Procon de Dourados, encontraram produtos de Natal com alta aproximada de 8,1% em relação ao levantamento realizado no dia 15 deste mês. A nova pesquisa de produtos usados para a ceia de final de ano, realizada quarta-feira (21), envolveu 10 estabelecimentos comerciais do município.

De acordo com relatório do Procon, fazem parte da pesquisa 47 itens, entre eles, panetones, carnes (aves, suína, bovina e peixe), frutas, enlatados e bebidas. Foram encontrados 21 produtos com diferença superior a 100% do estabelecimento com menor para o de maior preço. Em um único supermercado, com maior numero de itens da pesquisa, foi registrada queda de 9,7% em relação à pesquisa anterior.

Compare o levantamento

As maiores diferenças constatadas nesta rodada de pesquisa, entre o maior e o menor preço, foram no quilo do frango (menor preço: R$ 4,87 e maior, R$ 16,99), da ordem de 248,87%; o panetone, com 500 gramas (menor preço: R$ 3,95 e maior, R$ 19,49), uma diferença de 393,42%; as frutas cristalizadas, embalagem com 200 gramas (menor R$ 1,70 e maior preço, R$ 5,10), com uma diferença de até 200%; e o filtrado doce, com 660ml, de R$ 4,65 até a R$ 13,78, variação de 196,34%.

O consumidor deve efetuar uma cuidadosa pesquisa de preço, avaliando sempre a relação preço x qualidade, ficar atento às informações contidas nos rótulos, como peso, data de fabricação, prazo de validade e condições de conservação, sempre considerado o custo beneficio do deslocamento no caso de estabelecimentos que estão apresentando produtos mais baratos que os da sua região, orienta o Procon.

Dúvidas sobre esse trabalho, ou reclamação quanto a preços e condições dos produtos, podem ser solucionadas pelos telefones 151 ou 3411 7754.

Deixe seu Comentário

Leia Também