Menu
Buscarterça, 18 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
22°C
unigran24
banner100
DOF

Helicóptero aguarda inauguração de sede própria

Governo finaliza obra do Departamento para inaugurar em setembro

09 maio 2022 - 15h22Por Redação Douranews

Principal responsável pelo combate ao tráfico internacional de drogas e armas no Brasil, o DOF (Departamento de Operações de Fronteira), prestes a completar 35 anos de história, vai ganhar sede própria até setembro deste ano, conforme a mais recente previsão feita pela a Agesul, a Agência estadual de Gestão e Empreendimentos, encarregada pela coordenação do projeto. Nesta etapa estão sendo feitos o assentamento de piso, pintura, a parte elétrica e a urbanização no espaço onde o Governo investe mais de R$ 5,162 milhões, em Dourados.

Para o governador Reinaldo Azambuja, a nova estrutura vai modernizar e ampliar o trabalho do departamento. “A sede atual ficou pequena para o DOF, que tanto orgulha Mato Grosso do Sul pelos resultados que tem obtido na apreensão de drogas e no combate aos crimes transfronteiriços. Agora, nossa polícia vai contar com uma estrutura melhor para reforçar ainda mais a segurança da fronteira e a proteção de todos os brasileiros”, disse. Hoje, o departamento funciona em um prédio cedido pela organização não-governamental Salve (Sociedade Amigos da Liberdade, Vigilância e Esperança), na avenida Coronel Ponciano, em Dourados.

Na avaliação do secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, a entrega do novo prédio representa a realização de um sonho e mais segurança para a população. "É a concretização de um sonho de 35 anos. O atual prédio que abriga a sede do DOF, construído e mantido pela Salve, com o passar dos anos ficou pequeno e a nova unidade, ampla e moderna, com heliponto, auditório, depósito, sala de crise e que vai abrigar tanto o Departamento de Operações de Fronteira como a Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira, trará mais conforto aos policiais e maior comodidade para aqueles que utilizam os serviços das duas unidades". 

Um helicóptero, fabricado pela Eurocopter/Helibras, com capacidade de vôo de 257 km/h, e que ficará baseado na sede do DOF, já foi adquirido pela Sejusp. Com capacidade para dois pilotos e quatro passageiros, o helicóptero Squilo AS350-B3e garantirá maior agilidade e mobilidade na região de fronteira. A cabine é considerada espaçosa e a aeronave possui equipamentos opcionais para as mais diversas missões.

Conhecido por quebrar recordes na apreensão de drogas, o DOF apreendeu mais de 500 toneladas de entorpecentes nos últimos dois anos e quatro meses. Se não fosse o trabalho policial, a maior parte dessas substâncias abasteceria o mercado ilegal dos grandes centros urbanos brasileiros. Para o diretor do departamento, Coronel Wagner Ferreira da Silva, a nova sede vai permitir ampliar a capacidade de atuação e qualificar a resposta da polícia. “A sede própria é uma vitória para todos os que fizeram e fazem parte do DOF, para a sociedade civil e para a classe política de Mato Grosso do Sul”, disse o diretor.

Hoje, o DOF atua em 53 municípios que fazem fronteira com Bolívia e Paraguai e nove municípios na divisa com São Paulo, diretamente afetados pelo tráfico. Criado em 1987 com o nome de Grupo de Operações de Fronteira, o DOF é uma iniciativa pioneira. É o primeiro departamento especializado em fronteiras do Brasil. E ele não podia estar em melhor lugar já que Mato Grosso do Sul possui 1.517 quilômetros com Paraguai e Bolívia.

Deixe seu Comentário

Leia Também