Menu
Buscarterça, 16 de julho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
10°C
unigran24
Polícia

Líder de cartel colombiano é preso a caminho de MS

13 fevereiro 2017 - 14h52Por Laura Holsback/CE

Homem de 38 anos, que não teve o nome divulgado e é apontado como líder brasileiro de cartel colombiano fornecedor de grandes carregamentos de cocaína, foi preso em Guaíra, no Paraná, a caminho do Estado do Mato Grosso do Sul.

A prisão foi feita ontem (12), por policiais rodoviários federais. Informações são de que este homem já havia sido detido em operação da Polícia Federal em março, de 2014, que resultou na apreensão de 3,7 toneladas de cocaína no Porto de Santos. No entanto, o criminoso e outros presos foram soltos logo em seguida pela Justiça porque o Ministério Público Federal (MPF) não teria apresentado nenhuma denúncia contra eles.

Sicredi

Na ocasião da prisão feita ontem, o homem dirigia Hilux SW4, pela BR-163, quando foi abordado por policiais e constatado que ele era foragido pelo crime de tráfico de drogas. O homem declarou que seguia para o Mato Grosso do Sul e há a suspeita de que a viagem fosse para articular transporte de droga.

Periculosidade

Segundo a PRF, o homem é apontado como líder brasileiro de quadrilha internacional de tráfico de drogas responsável por transportar, por via marítima, toneladas de cocaína da América do Sul para a Europa.

A quadrilha teria relações com o Primeiro Comando da Capital (PCC) no Brasil e com a organização mafiosa italiana N'Drangheta em diversos portos. Investigação da PF aponta que o brasileiro preso ontem, estava em maio de 201, em Antuérpia, na Bélgica, de onde repassava orientações sobre o recebimento de carga de cocaína na Europa.

Bolívia, Paraguai, França, Alemanha, Inglaterra, Espanha e Emirados Árabes foram outros países por onde o criminoso passou. Além de remeter droga para o exterior, o homem também transportava drogas sintéticas como o LSD para o Brasil.

No carro que o traficante foi preso havia como passageiro outro homem, de 36 anos, que usava documentos falsos e era foragido por ter assassinado a namorada em Ribeirão Preto (SP), em junho do ano passado. Os presos foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal em Guaíra.

Deixe seu Comentário

Leia Também