Menu
Buscarquarta, 24 de julho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
20°C
unigran24
Polícia

Marqueiro de Lula é condenado a oito anos de prisão

02 fevereiro 2017 - 13h48

O juiz federal Sérgio Moro condenou o marqueteiro João Santana, a mulher dele e mais quatro réus em um processo da 23ª fase da Lava Jato. Entre os crimes citados na sentença estão corrupção ativa e lavagem de dinheiro. A decisão foi publicada nesta quinta-feira (2), conforme publica o G1.

João Santana e a mulher dele, Mônica Santana, foram alvos da Operação Lava Jato, pela primeira vez, na 23ª fase, deflagrada em fevereiro de 2016. Esta etapa recebeu o nome de Acarajé, que era como os suspeitos se referiam ao dinheiro irregular, de acordo com a PF (Polícia Federal).

Sicredi

De acordo com a denúncia apresentada pelo MPF (Ministério Público Federal), parte da propina paga a partir do esquema de corrupção existente na Petrobras foi destinada ao Partido dos Trabalhadores para pagar serviços eleitorais. João Santana foi marqueteiro nas campanhas presidenciais dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, segundo a publicação.