Menu
Buscarquarta, 12 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
30°C
unigran24
banner100
INVESTIGAÇÕES

Matador de pecuarista é preso em Dourados

Jovem de 21 anos estava escondido na sitioca Ouro Fino

01 agosto 2022 - 16h14Por Redação Douranews

Um rapaz de 21 anos foi preso nesta segunda-feira (1) em Dourados, apontado como suspeito do assassinato da pecuarista Andreia Aquino Flores, de 38 anos, ocorrido na semana passada. Ele chorou ao ver os policiais civis e agora será ouvido por equipe da Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos) que comanda o caso e está encaminhando uma equipe para dar sequência nas investigações sobre o crime.

De acordo com a Polícia douradense, o rapaz foi detido no Centro de Recuperação da sitioca Ouro Fino. Assim que os policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) chegaram, ele teria começado a chorar. O rapaz seguiu ainda chorando até a delegacia e não falou sobre o crime.

Ele não confessou a autoria, mas deverá responder pelo latrocínio de Andreia, porque foi acusado pela cunhada de matar a vítima asfixiada. As duas autoras, que são mãe e filha, relataram que viram quando o jovem cobriu a boca da pecuarista e a esganou até à morte. Durante as investigações do assassinato pela Derf, policiais apuraram que o homem envolvido no crime havia sido procurado um dia antes pela cunhada, uma funcionária e que seria amante de Andreia.

Andreia Aquino Flores e a irmã eram investigadas pela Polícia Federal por contrabando de joias do exterior, além de tráfico de drogas. A família, envolvendo também a mãe das irmãs Aquino, tinha brigas judiciais por questões de herança, compra e venda de gado em valores que chegam aos R$ 8 milhões, conforme os levantamentos que estão sendo realizados.

Deixe seu Comentário

Leia Também