Menu
Buscarsábado, 15 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
29°C
unigran24
banner100
INTERLOCUÇÃO

Câmara recebe professores

Vereador Laudir Munaretto diz que momento exige habilidade

18 março 2022 - 13h29Por Redação Douranews

A Câmara de Dourados recebeu no final da manhã desta sexta-feira (18) os diretores do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação de Dourados) e membros da comissão de negociação que buscam entendimento com o Executivo municipal visando à recomposição salarial dos professores e servidores administrativos da Rede Municipal de Ensino.

O presidente Laudir Munaretto (MDB) voltou a pregar o diálogo como forma de se encontrar a solução para o impasse entre trabalhadores da educação e o Município e reafirmou a disposição do Legislativo em fazer essa interlocução, buscando o acordo que contemple ambas as partes e garanta a retomada das aulas na rede municipal.

“Estamos extremamente preocupados com esta situação. A Casa de Leis deseja e vai contribuir para que se encontre a melhor solução. Estamos solidários à luta dos educadores e reconhecemos que ela é legítima. Ao mesmo tempo, nos preocupa o fato de 33 mil crianças continuarem fora das salas de aula. A situação requer urgência nas decisões e nós, enquanto vereadores, queremos e vamos contribuir neste sentido”, disse Laudir, depois de ouvir as explanações do presidente do Simted, Thiago Coelho, e demais membros da instituição.

Os trabalhadores em Educação reivindicam o cumprimento da lei do piso salarial e cobram da Prefeitura a aplicação do índice de 33,24% de reajuste para professores e 10,06% para os administrativos da educação. Todos os vereadores presentes foram solidários e manifestaram total apoio à luta dos educadores, que desde 2017 não têm reajuste em seus salários.

De acordo com os diretores do sindicato, é preciso mais disposição e abertura por parte do Executivo para dialogar com a categoria. “É preciso mais compromisso do governo com a educação, ainda mais se levarmos em conta que o município passou dois anos sem maiores gastos com a educação e, também, que neste período a arrecadação só aumentou. Então, falar que não tem dinheiro para atender os educadores não nos convence”, citou o dirigente do Simted.

Além do presidente Laudir, participaram da reunião com os representantes do Simted, os membros da Comissão de Educação da Câmara – Elias Ishy (PT), Mauricio Lemes (PSB) e Sergio Nogueira (PSDB) – e os vereadores Olavo Sul (MDB), Liandra Brambilla (PTB), Creusimar Barbosa (DEM), Juscelino Cabral (DEM), Marcio Pudim (DEM) e Rogério Yuri (PSDB).

Deixe seu Comentário

Leia Também