Menu
Buscarsexta, 21 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
27°C
unigran24
banner100
DOURADENSES

Eleições com opções de vice a senador e deputados

Prazo de convenções partidárias venceu na sexta-feira passada

08 agosto 2022 - 14h29Por Redação Douranews

Sete vereadores da Câmara de Dourados confirmaram que disputarão vagas na Alems (a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) e para a Câmara dos Deputados, em Brasília. Além disso, o Município participa das eleições com os quatro deputados estaduais eleitos (Marçal Filho, Renato Câmara, Neno Razuk e Zé Teixeira) que disputam a reeleição e o suplente Geraldo Resende, que vai tentar conquistar mandato definitivo pelos próximos 4 anos.

O atual presidente da Casa de Leis, Laudir Munaretto (MDB) oficializou pré-candidatura a deputado federal, na chapa de André Puccinelli, que pleiteia o governo do Estado. Os colegas dele Elias Ishy (PT) e Mauricio Lemes (PSB) também tentam a mesma vaga, o primeiro em apoio à candidata a governadora Giselle Marques (PT) e o segundo, com Eduardo Riedel (PSDB).

Lia Nogueira e Rogério Yuri, ambos do PSDB, estão com a chapa encabeçada por Eduardo Riedel, Marcelo Mourão (Podemos) está na chapa da pré-candidata Rose Modesto (União Brasil) e Daniel Júnior (Patriota) também disputa uma cadeira na Assembleia de Mato Grosso do Sul.

Mais douradenses

Além desses políticos já com mandato, Dourados participa das eleições deste ano com Eudélio Mendonça (pai do prefeito Alan Guedes) e Walter Carneiro Junior (filho do ex-deputado e até hoje o único douradense a presidir a Assembleia Legislativa, Walter Carneiro), pelo PP, Dr Guto e Wilson Matos, pelo Podemos, Keliana Fernandes, do PSDB e Rodolfo Nogueira, do PL, nas eleições para deputado federal.

Para a Assembleia Legislativa ainda concorrem George Takimoto (MDB), o médico Davi Infante (PSB), o sargento Prates (PRTB) e o tenente Nantes (PL) e mais: Gleice Jane, do PT e Maísa Uemura e Mauro Thronicke, pelo União Brasil. E da Assembleia também sai o único candidato a vice-governador escolhido de Dourados entre os sete candidatos ao Governo do Estado: o deputado Barbosinha (PP) deixa de tentar o terceiro mandato para se somar ao projeto do candidato Eduardo Riedel a governador. O professor Tiago Botelho disputa o Senado pelo PT.

As eleições deste ano estão marcadas para 2 de outubro e, de acordo com o calendário eleitoral, esgotado o prazo para oficializar as candidaturas para as eleições gerais no sábado (5) passado, os candidatos podem iniciar a campanha a partir do dia 16 deste mês, até o dia o 29 de setembro. 164.395 eleitores estão aptos a participar desse processo em Dourados.