Menu
Buscarquinta, 23 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
33°C
cmd nao
Política

'Faca no pescoço': PPS nega crise de relacionamento com Délia

29 dezembro 2016 - 17h41

A direção municipal do PPS (Partido Popular Socialista) divulgou nota nesta quinta-feira (29), ‘desmentindo’ (sic) afirmações “que vêm sendo veiculadas” (sem se referir aonde, ou por quem), que envolveriam a sigla partidária em Dourados nas relações políticas com a prefeita eleita Délia Razuk (PR).

“Desde o início da campanha da então candidata Délia Razuk o relacionamento tem sido do mais alto nível, com conversas diretas entre a prefeita eleita e o partido”, diz a nota, assinada pelo atual presidente José da Silva Neto, o Peninha e o ex-presidente, atual primeiro secretário da Executiva, o ainda secretário municipal de Cultura, Carlos Fábio dos Santos.

O PPS participou da eleição de Délia com o candidato eleito a vice-prefeito Marisvaldo Zeuli e também conseguiu reeleger o vereador Silas Zanata, que havia chegado ao primeiro mandato pelo então PV, que migrou quase que na totalidade para a legenda socialista.

Na nota distribuída à imprensa, o PPS diz que “jamais ‘colocou a faca no pescoço’ de Délia Razuk e continua com a mesma postura, sabedores do cumprimento dos compromissos assumidos pela prefeita em relação ao que foi definido antes mesmo das eleições”.

Os signatários do documento ainda informam que a partir de agora apenas a Executiva vai se manifestar sobre tratativas com a futura prefeita, e ainda assim por meio de notas oficiais, “desautorizando quaisquer pessoas a se manifestar em nome do partido”.

Deixe seu Comentário

Leia Também