Menu
Buscardomingo, 19 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
16°C
Política

Marcelo Mouirão faz balanço e diz que cumpriu missão

06 dezembro 2016 - 11h42

Ao se auto-avaliar como um parlamentar de postura corajosa, pró-ativa e firme na defesa de suas convicções, o vereador Marcelo Mourão (PRP) diz que estes foram componentes para que ele “figurasse entre os mais atuantes da atual legislatura e ter seu trabalho reconhecido inclusive fora do estado”, como divulga nesta terça-feira (6) a assessoria. O Instituto Tiradentes, com sede em Viçosa/MG, por exemplo, apontou o vereador como o mais atuante dentre os 19 que compõem o legislativo e lhe outorgou em 2015 e em 2016 a Medalha Tiradentes-Colar Ouro.

A primeira atitude ao entrar no gabinete, após eleito na Câmara de Dourados, foi solicitar a retirada das divisórias, em um claro sinal de que o mandato primaria pela transparência. Como legislador, primou, ainda, pela eficácia legislativa. Da experiência como usuário do SUS nasceu o Projeto de Lei que após aprovação por unanimidade tornou-se a “Lei do Plantão”, que estabeleceu a obrigatoriedade de afixação em local visível em todas as unidades de saúde conveniadas ao SUS da escala de plantões, com nome, especialidade, CRM e horário de plantão. Por sua eficácia no sentido de dar transparência e pelo alcance social, o Projeto foi “clonado” pelo deputado Amarildo Cruz e aprovado pela Assembleia, estendendo a medida a todo o estado.

Marcelo presidiu por toda a legislatura a Comissão Permanente de Indústria, Comércio e Turismo. Foi vice-presidente da Comissão de Constituição e Justiça, vice-presidente e depois presidente da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar. Foi o autor do Projeto de Resolução que criou as Comissões Permanentes de Juventude e de Habitação e Patrimônio Público. Ficou a favor dos comerciários e contra a abertura do comércio aos domingos. Combateu a farra das bebidas alcoólicas nos postos de combustíveis e nas vias públicas. Há poucos dias conseguiu a aprovação das Emendas Impositivas, pelas quais vinha lutando desde 2013 e que representam um marco na história da Câmara Municipal.

“O exercício de um mandato requer ação e também coragem para abordar todos os assuntos, já que nada pode ser ‘jogado para debaixo do tapete’”, afirmou Marcelo Mourão, avaliando o saldo geral das ações desenvolvidas durante o mandato como “positivo”. “Cumpri minha missão”, afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também