Menu
Buscarsexta, 21 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
20°C
unigran24
banner100
INÁBIL

Marquinhos afunda Capital

Promessas de obras novas e inapetência marcam apagar das luzes de mandato

29 março 2022 - 16h33Por Redação Douranews

Com quase R$ 2 milhões em dívidas acumuladas em IPTU, a antiga sede do Clube Surian passou a fazer parte da lista de desejos do prefeito Marquinhos Trad desde agosto do ano passado, quando ele anunciou a reforma das instalações e a sua transformação em uma EMEI, escola de educação infantil. A promessa era de que o espaço teria capacidade para abrigar 600 crianças, com estrutura educacional completa.

Porém, oito meses depois, o projeto sequer saiu do papel. Uma primeira licitação foi realizada, no valor de R$ 7 milhões, mas foi declarada deserta porque não apareceram empresas interessadas em tocar a obra. Novo edital foi publicado, com os valores reajustados para pouco mais de R$ 8 milhões, e não se sabe ainda se apareceu algum interessado.

O que chama a atenção, dentre outros aspectos, é o fato de que o dinheiro para a obra vai sair do contrato de empréstimo de US$ 56 milhões que a Prefeitura firmou com o BID, o Banco Interamericano de Desenvolvimento, para o projeto Reviva Centro, cujas parcelas começarão a ser pagas no mês de maio. 

As “sobras” do contrato com o BID para a revitalização da área central da cidade serão utilizadas nas obras do clube, promete o prefeito, na semana em que também deve anunciar a renúncia do cargo para se colocar como pré-candidato a governador do Estado.