Menu
Buscarsábado, 25 de junho de 2022
(67) 99913-8196
°max
°min
unigran topo
MEDICINA

Pré-candidato quer democratizar cursos

Karlos da UCP diz que gestão do SUS é uma vergonha

21 maio 2022 - 11h03Por Redação Douranews

O pré-candidato a deputado federal Karlos Bernardo, o Karlos da UCP, disse em entrevista para as emissoras do Grupo Feitosa de Comunicação que a gestão do SUS (o Sistema Único de Saúde) é uma vergonha e atrapalha a vida de quem precisa de cuidados médicos daquele que ele considera o maior plano de saúde pública do mundo.

“A gestão do SUS é uma vergonha, as pessoas pagam e não recebem aquilo que deveria na maioria dos hospitais e clínicas públicas conveniadas ao sistema e por outro lado há hospitais como o Hospital Geral de Goiânia que tem uma organização impecável e atende bem a população. Em compensação, há uma completa desorganização e a falta de gestão acaba atrapalhando, causando longas filas, falta de atendimento e corrupção em vários setores da saúde pública nacional que acaba inviabilizando o SUS. Só fala mal do SUS quem não conhece o sistema de saúde de outros países”, disse Karlos.

Falando para emissoras de Campo Grande, Paranhos, Fátima do Sul, Inocência, Nioaque e Rio Verde de Mato Grosso, Karlos da UCP disse quem caso eleito vai lutar pela melhoria da qualidade do atendimento do SUS e para a implantação de novas universidades de medicina em todo o Brasil para aumentar a oferta de médicos principalmente nas localidades mais carentes onde os médicos formados nas universidades públicas raramente chegam.

“Hoje o custo de se formar um médico no Brasil é extremamente caro e isso dificulta o acesso daqueles que não tem dinheiro para passar por escolas particulares ou pagar um bom cursinho. Temos que democratizar o ensino em todos os setores sem perder a qualidade. No Paraguai temos faculdades com excelência em educação superior que cobram muito menos que as faculdades brasileiras e é isso que atrai milhares de estudantes do Brasil para aquelas instituições, aqui (no Brasil) há uma grande proteção de mercado que impede diminuir os custos das mensalidades, isso precisa acabar”, falou o empresário de ensino superior.

Durante toda a semana, Karlos manteve contatos com empresários e líderes comunitários em Campo Grande falando em relação a pré-candidatura dele a deputado federal.