Menu
Buscarsexta, 21 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
27°C
unigran24
banner100
CALOTE

PT de Dourados é impedido de receber fundo eleitoral

Partido não prestou contas das eleições passadas e está suspenso

05 agosto 2022 - 22h50Por Redação Douranews

A Justiça Eleitoral manteve decisão que determinou ao PT de Dourados a devolução de R$ 1.172 ao Tesouro Nacional e suspensão do recebimento das cotas do Fundo Partidário por um ano devido a reprovação das contas anuais da sigla. O partido tentou reverter a situação, alegando que houve equívoco na interpretação dos dados, porém não obteve sucesso, conforme publica o Campo Grande News.

De acordo com, a divisão do bolo, os repasses para este ano foram fixados em R$ 4,9 bilhões na Lei Orçamentária de 2022. O PT tem direito a 10,15% desse total, o equivalente a R$ 503,3 milhões para todo o País. Com 15,77% do total do fundo, o União Brasil, maior partido do Brasil, criado em 2021 a partir da fusão do Democratas com o PSL (Partido Social Liberal), terá R$ 782,5 milhões para a campanha eleitoral.

O MDB, com 7,2% (equivalente a R$ 363,2 milhões), PSD com 7,05%, totalizando R$ 349,9 milhões e o PP, com 6,95%, que corresponde a R$ 344,7 milhões, seguido pelo PL, com 5,82%, e pelo PSB, com 5,42% são os outros maiores beneficiários. O Novo renunciou ao repasse destinado à legenda. Criado em 2017, o fundo se destina a suprir as doações antes feitas por empresas, mas proibidas pelo STF (o Supremo Tribunal Federal) em 2015. A verba é distribuída em anos de eleições municipais ou gerais.