Menu
Buscarquinta, 13 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
32°C
unigran24
banner100
PROJETO

Riedel e Tereza em campo

Secretário e ministra começam a trilhar disputa ao Governo e Senado

31 março 2022 - 09h08Por Redação Douranews

O presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou o desejo de que a coordenação política do projeto de reeleição dele venha a ser conduzido pela  ministra Tereza Cristina, da Agricultura e Pecuária, que deve deixar o cargo ainda nesta quinta-feira (31) e reassumir o mandato na Câmara Federal para disputar uma vaga como candidata a senadora por Mato Grosso do Sul. Esse projeto envolve o alinhamento com a proposta de candidatura do secretário Eduardo Riedel (de Infraestrutura) que também deixa a função no Governo do Estado ainda nesta quinta para se dedicar ao projeto da pré-candidatura à vaga do governador Reinaldo Azambuja.

Bolsonaro acredita em uma eleição tranquila da ministra da Agricultura, que trocou o DEM pelo PP e deverá coordenar, no Estado, a maior bancada de deputados estaduais. Até o final da semana, devem ser confirmados no PP o ingresso de dois deputados douradenses, Barbosinha e Marçal Filho, o primeiro também trocando o DEM da ministra e o outro deixando o PSDB; ambos vem reforçar o projeto local de recuperação econômica de Dourados, diante das sabidas dificuldades enfrentadas pelo prefeito eleito pela legenda em 2020, Alan Guedes.

Também devem reforçar a bancada do PP na Assembleia Legislativa o líder do Governo na Assembleia, deputado Gerson Claro, Paulo Duarte (hoje no MDB) e Londres Machado, que chegou a cogitar de entrar no PSDB.

Com isso, vai sendo construído o palanque do projeto de Riedel que deve seguir no ritmo da proposta de federação nacional, que vem sendo gestacionada entre o PSDB, MDB e o União Brasil, representado em Mato Grosso do Sul pelo vice-governador Murilo Zauith e a deputada federal Rose Modesto, com alianças abertas para a disputa do Senado.

Caberá ao pré-candidato do PSDB ao Governo do Estado, Eduardo Riedel, conduzir essa articulação junto às demais lideranças para sedimentar o projeto pré-eleitoral.  

Deixe seu Comentário

Leia Também