Menu
Buscarterça, 18 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
22°C
unigran24
banner100
ESTRATÉGIA

Riedel explora 'fator desconhecido' em pré-campanha

Pré-candidato do PSDB cumpre agenda de três dias em Dourados

21 julho 2022 - 10h55Por Lucas

Ser desconhecido do grande eleitorado que deverá se apresentar nas urnas do dia 2 de outubro para a escolha do novo governador de Mato Grosso do Sul é, por enquanto, o principal fator explorado pelo pré-candidato Eduardo Riedel, escolhido pelo governador Reinaldo Azambuja para dar sequencia à gestão municipalista implementada a partir de 2015 no Estado.

“Vamos trabalhar com isso e, dentro do prazo, no tempo certo, nos tornarmos conhecidos, como os demais candidatos, e nos colocarmos como alternativa de Governo, priorizando as pessoas”, confirmou Riedel, em bate-papo com jornalistas no final da tarde desta quarta-feira (20) em Dourados, onde ainda permanece nesta quinta (21) e pela manhã na sexta-feira (22), mantendo contatos com diferentes segmentos.

Na quarta à noite, na sede campestre do Clube Nipônico, o pré-candidato tucano foi recepcionado em ato organizado pelo prefeito Alan Guedes, começou a quinta tomando café da manhã com líderes evangélicos, almoça com o segmento da Educação e à tarde faz caminhada pelas ruas do Jardim Canaã I, onde também vai ouvir reivindicações. A agenda ainda prevê encontros com aliados dos pré-candidatos às eleições proporcionais.

"Dourados vai decidir"

“Dourados vai levar Eduardo Riedel ao segundo turno e ao Governo de Mato Grosso do Sul”. O compromisso foi assumido pelo prefeito Alan Guedes ao reunir expressivo grupo de pessoas na recepção ao pré-candidato a governador do PSDB durante encontro realizado na sede campestre do Clube Nipônico na noite desta quarta-feira (20) em Dourados. Ele entregou uma bandeira do Município ao pré-candidato que deverá ser homologado em convenção como candidato oficial no dia 5 de agosto.

Riedel foi aplaudido ao dizer que o candidato a vice-governador poderá ser escolhido dessa região, mas tranquilizou os presentes ao se apresentar como o futuro governador de Dourados. "Sou daqui, minha família é daqui, já trabalhei aqui, minha carteira de trabalho foi assinada pela dona Cecília [Zauith, gestora da Unigran e esposa do vice-governador Murilo] como professor na antiga Socigran por mais de três anos e essa é uma questão que me deixa bem à vontade com Dourados", observou. 

Deixe seu Comentário

Leia Também