Menu
Buscarsegunda, 27 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
13°C
ENFERMAGEM

Hospital Cassems de Campo Grande realiza 'VII Semana de Enfermagem'

A Semana de Enfermagem é realizada em toda a rede Cassems

16 maio 2024 - 08h44Por Redação Douranews

Começou na tarde de segunda-feira (13), a sétima edição da “Semana de Enfermagem” do Hospital Cassems de Campo Grande (HCCG). Com o tema “A Importância da Comunicação Efetiva para as Boas Práticas de Enfermagem”, o primeiro dia do evento ofereceu uma Aula Magna, com o tema do evento e uma palestra sobre Interpretação de Gasometria.

As atividades continuaram na terça-feira (14), com duas palestras: “Assistência de Enfermagem em Hemodiálise” e “Comunicação Efetiva em Prol da Segurança do Paciente – Meta 2”. A Semana de Enfermagem foi instituída entre 12 e 20 de maio de 1960, pelo Conselho Federal de Enfermagem, em alusão às datas nas quais ocorreram, respectivamente, em 1820 e 1800, o nascimento da enfermeira inglesa Florence Nightingale e o falecimento da enfermeira brasileira Ana Neri.

Ricardo Ayache, presidente da Cassems, fez a abertura do encontro e, em sua fala, destacou a importância dos enfermeiros para a assistência à saúde, bem como, a necessidade de se realizar a Semana de Enfermagem de maneira contínua.

“Com certeza, trazer conhecimento aos enfermeiros que trabalham nas nossas unidades hospitalares, que têm um papel fundamental para assistência à saúde, é o que nós devemos fazer continuamente. Neste ano, o teor principal é a importância da comunicação para assistência à saúde que é algo fundamental e que nós precisamos valorizar, além de todo conhecimento técnico que será transmitido durante a semana. Então, eu quero parabenizar a equipe de enfermagem que realizou este evento e também parabenizar todos os profissionais pelo dia da enfermagem. Eles têm um papel importantíssimo na assistência à saúde em todo o país e, aqui na Cassems, claro, eles desempenham um papel fundamental, pontua Ayache.

Jhonatan William Cabral, enfermeiro responsável pela Educação Continuada da unidade hospitalar, explica como a comunicação efetiva é importante para a segurança do paciente.

“A comunicação efetiva é uma das cinco etapas da meta internacional da segurança do paciente. A gente visa uma conversa clara e objetiva que nós temos que ter dentro da instituição, como algumas metodologias, entre elas, o SBAR, que é uma passagem de plantão, utilizada pela equipe assistencial de enfermagem, onde a gente passa todas as informações pertinentes ao paciente para dar uma continuidade na assistência prestada aos nossos beneficiários. Outro ponto importante é que a comunicação não é só feita com a equipe, mas também com o familiar do paciente, assim a gente traz esse familiar em prol da conduta do cuidado do paciente”, conta Cabral.

Para o coordenador do Núcleo de Ensino e Pesquisa (NEP) do Hospital Cassems de Campo Grande, Robson Apel, “a importância desse momento com os colaboradores, com a equipe de enfermagem é trazer atualização, embasada em evidências, novas técnicas e conhecimento para que eles possam aplicar dentro da assistência, trazendo uma melhoria de serviço e qualidade aos nossos beneficiários”.

Segundo Eliezer Branquinho, superintendente das Unidades Hospitalares da Caixa dos Servidores, a Semana de Enfermagem é realizada em toda a rede Cassems e tem o como principal objetivo preservar a qualidade do atendimento aos pacientes.

“Todas as unidades hospitalares estão fazendo a Semana da Enfermagem e é importante para Cassems e para todos os beneficiários que nós atendemos. Esses encontros visam também palestras educativas para os nossos enfermeiros e técnicos de enfermagem, visando atender da melhor forma possível nossos beneficiários e todos aqueles que vêm nos procurar. Então, isso é um ponto muito importante na Cassems, preservar a qualidade de atendimento dos nossos beneficiários”, avalia Branquinho.

A diretora de Assistência à Saúde da Cassems, Maria Auxiliadora Budib, destaca a importância das capacitações e atualizações apresentadas na Semana de Enfermagem, sempre com foco na educação permanente.

“Essa é uma semana de tradição dentro da rede Cassems, onde a gente se volta para o enfermeiro, para os técnicos de enfermagem, para os profissionais de enfermagem em geral. Nesse momento, a gente lembra a importância do trabalho deles, que é vital em uma  rede de saúde, além de trazer pautas de atualização que são elencadas pela enfermagem. O Hospital Cassems de Campo Grande e os demais hospitais, todos em rede, trabalham para que essa semana venha ser uma atualização e uma educação permanente e um momento também do encontro da gestão com os profissionais”, afirma.

Para Wandersson Pinheiro, enfermeiro do HCCG, a Semana de Enfermagem é um momento muito esperado pelos profissionais de enfermagem, pois, além da comemoração, as equipes se qualificam ainda mais.

“Essa semana é muito importante para nós da enfermagem, porque ela é uma semana de comemoração, onde a gente comemora o trabalho da enfermagem e os conhecimentos. Além disso, ela fomenta e estimula o profissional da Cassems a estar cada dia mais estudando e se preparando para atender melhor o seu cliente, o seu paciente de uma maneira mais adequada. Que a gente consiga fazer uma comunicação mais assertiva ao nosso paciente, que a gente consiga ter esse dia a dia mais qualificado com essas palestras e essa semana da enfermagem traz um conhecimento muito grande para nós profissionais. É muito importante que a gente possa estar construindo essa educação continuada e cada dia poder estar mais capacitados para atender nosso cliente e nosso paciente”, pontua Pinheiro.

A enfermeira Nivia Lorena foi a palestrante da Aula Magna da abertura da sétima edição da Semana de Enfermagem. Ela explica que a performance da equipe passa pelo desenvolvimento pessoal e de habilidades comportamentais.

“A enfermagem é uma profissão extremamente importante para todos os serviços de saúde em todos níveis de atenção. Hoje, eu vim falar sobre comunicação assertiva, mas voltada para questão de desenvolvimento pessoal, nas habilidades comportamentais, porque isso favorece muito os relacionamentos, a performance da equipe, o reconhecimento e a valorização profissional.

Essa valorização tem que começar primeiro por cada um de nós, eu falo nós porque eu também sou profissional de enfermagem, mas de todos os profissionais e isso só pode acontecer a partir de um momento que as pessoas começam a ser conhecer, saber quais são as suas habilidades, saber quais são os seus pontos de melhoria também, porque todos nós temos. Então, nós focamos muito nessa questão do autoconhecimento, da empatia e da gestão de relacionamentos, exatamente para melhorar essa comunicação, para ter uma comunicação realmente assertiva tanto entre a equipe, quanto com os pacientes e familiares que também fazem parte desse sistema”, explica.