Menu
Buscarquarta, 12 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
25°C
unigran24
banner100
SOS UPA

Relatório pede melhorias estruturais em Unidade

Vereador Marcelo Mourão conclui levantamento realizado por Frente

05 julho 2022 - 16h38Por Redação Douranews

Ao entregar ao presidente da Câmara, Laudir Munaretto, o relatório elaborado pela Frente Parlamentar em Defesa da UPA e de seus usuários, o vereador Marcelo Mourão (Podemos), que preside essa frente, reforça a luta pela reforma completa daquela importante unidade de saúde. No ano passado foram mais de 73 mil atendimentos, o que significa que pelo menos 300 pessoas passam diariamente por ali.

O vereador, depois de ter passado um ano trabalhando em cima desse levantamento, não só da estrutura física como também de pessoal, garante que não há mais condições de manter os serviços da forma em que está. “É preciso que haja uma reforma completa na UPA, para que as pessoas possam ser atendidas com um mínimo de dignidade”, disse o vereador.

“A pintura está danificada, a parte hidráulica e elétrica precisam de reparos urgentes, a sala de espera onde pacientes e familiares aguardam por atendimento está em situação deplorável, o ar condicionado precisa ser limpo, enfim, tudo funciona de forma precária e, isso sem entrar na questão de pessoal e material”, pontuou o parlamentar.

Frente

A UPA de Dourados, denominada Doutor Afrânio Martins, teve as obras iniciadas no dia 3 de dezembro de 2010 e colocada em funcionamento no dia 18 de dezembro de 2014. Desde a inauguração até agora, a unidade recebeu apenas pequenos serviços, principalmente de pintura, mas nenhuma reforma foi executada.

Por conta dessa situação, Marcelo Mourão defendeu na tribuna da Câmara um “choque de gestão” para reorganização do funcionamento da unidade. Foi criada então essa frente parlamentar, na qual o parlamentar foi escolhido como presidente, mas que é composta ainda pelos vereadores Liandra Brambilla, Olavo Sul, Diogo Castilho, Jânio Miguel e Márcio Pudim.

Mourão ressaltou que o relatório vai contribuir muito com o município. “No documento estão contidos detalhes de tudo o que precisa ser melhorado na unidade desde insumos, medicamentos, salário dos funcionários, cadeiras, ar condicionado, banheiros e a parte física”, adiantou.

“Eu tenho trabalhado muito por essa reforma porque entendo que o que se vê hoje na UPA não deve ser exemplo de humanidade, de dignidade e de respeito para com o ser humano, mas acredito que a administração municipal tem também esse mesmo propósito e, a união de forças vai garantir a execução desse serviço tão essencial para nossa comunidade, finalizou Marcelo Mourão.