Menu
Buscarsábado, 15 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
29°C
unigran24
banner100
INFLUENZA

Vacina começa dia 4

Campanha nacional vai coincidir com etapas da Covid-19

22 março 2022 - 13h37Por Redação Douranews

A Secretaria municipal de Saúde vai iniciar a Campanha Nacional contra a Influenza no dia 4 de abril e até o dia 3 de junho pretende vacinar 100 mil pessoas do público-alvo da campanha, em todas as Unidades Básicas de Saúde do município. A campanha acontece em duas etapas: De 4 de abril a 2 de maio, para idosos com 60 anos e mais e os trabalhadores da saúde, e de 3 de maio até o mesmo dia de junho para as seguintes faixas:

– Crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias)

– Gestantes

– Puérperas

– Povos indígenas

– Professores das escolas públicas e privadas

– Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições

– Clínicas especiais

– Pessoas com deficiência permanente

– Profissionais das forças de segurança e salvamento e das forças armadas

– Caminhoneiros

– Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso

– Trabalhadores portuários

– Funcionários do sistema prisional

– Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e

– População privada de liberdade

Vacina da Covid

A campanha de vacinação contra a Influenza coincidirá com a realização da vacinação contra a Covid-19. Assim, é importante que seja priorizada a administração da vacina Covid-19, para as crianças de cinco a 11 anos de idade contempladas no grupo prioritário para a Influenza e que ainda não foram vacinadas. Nestas situações, deve-se agendar a vacina Influenza, respeitando o intervalo mínimo de 15 dias entre as vacinas (intervalo válido para público infantil).

Sintomas

A Influenza é uma infecção viral aguda, que afeta o sistema respiratório e é de alta transmissibilidade. A doença tem início, em geral, com febre alta, seguida de dor muscular, dor de garganta, dor de cabeça, coriza e tosse. A febre é o sintoma mais importante e dura em torno de três dias. Em caso de suspeita, procure atendimento médico.