Menu
Buscarquinta, 18 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
20°C
Dourados

Murilo reconhece deficiências, mas quer Educação como referência

23 fevereiro 2011 - 19h35Por Carlos Marinho
O prefeito Murilo Zauith quer transformar a Educação de Dourados em referência, tanto para o Estado quanto para o País. “Realmente, há deficiência no setor de Educação, pois inclusive estamos abaixo da média do Ideb nacional”, disse o prefeito ao ser questionado durante a entrevista coletiva, no final da manhã de hoje, logo após a sua posse, na Câmara de Vereadores de Dourados.

“Nós vamos buscar uma educação de qualidade. Nós vamos trabalhar para fazer com que, na Educação, os professores tenham motivação e queiram estar na sala de aula. É isso que nós vamos fazer”, alertando que “vamos detectar, a partir de hoje, porque algumas escolas não funcionam na sua plenitude. Pessoalmente, eu e o secretário vamos fazer de tudo para que a Educação seja de qualidade”>

Murilo lembrou de sua experiência quando vice-governador, período em que foi implementada uma grande modificação no ensino estadual. “Tenho muita tranqüilidade para falar isso, porque quando eu e o André assumimos o governo, a primeira reunião nossa foi muito difícil, por conta da Fetems e eles se lembram disso. Demonstramos, naquela época que podíamos construir, mas deixando claro que um projeto de educação não se faz de um dia para o outro”.

Ele continuou dizendo que “desenvolvemos um projeto e hoje a Educação do Estado é modelo. E essa experiência que nós tivemos no Estado vou aplicar aqui. Tínhamos 360 escolas em todos os municípios – nós fizemos um projeto de reforma e durante os quatro anos que estivemos juntos reformamos mais de 200 escolas”, lembrando ainda que “os professores hoje estão com o quarto melhor salário do país. As crianças têm material escolar, uniforme, e fechamos o ano passado dando até computador para as crianças”, festejou.

Ao finalizar, Murilo Zauith foi enfático. “Essas coisas nós vamos trazer para Dourados. As escolas serão reformadas e vamos fazer um plano para a área de Educação que esse plano possa ser implementado. Queremos que, independente de ser Murilo ou Dinaci, a Educação de Dourados esteja sempre à frente. Que tenhamos um plano que seja respeitado por todas as escolas, para que a gente se torne referência e a Educação de Dourados fique acima da média nacional”, encerrou.

Deixe seu Comentário

Leia Também