Menu
Buscarterça, 16 de julho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
10°C
unigran24
Polícia

Grupo do PCC foge de presídio e suspeita é de suborno a agentes

27 outubro 2016 - 11h50

Quatro presos que seriam integrantes da facção Primeiro Comando da Capital (PCC) fugiram ontem da penitenciária Padre Juan Antonio de la Vega, no Paraguai. Os fugitivos de nacionalidade brasileira foram identificados como Jonathan Rodriguez Lima, 23 anos, Alan Cristian de Lucena, 25, Mario Monteiro, 29, e Valdecir Gonçalves, 37 anos.

De acordo com o jornal ABC Color, o grupo considerado de alta periculosidade teria fugido pelo portão principal depois de, supostamente, ter subornado agentes paraguaios. A fuga teria sido liderada por Valdecir, preso no dia 15 de abril, de 2013, por agressão.

Sicredi

Ainda conforme a notícia, Jonathan estava preso desde o dia 24 de agosto, apontado por envolvimento no assassinato de agente da Penitenciária Nacional de Tacumbú e o filho, em emboscada, em Lambaré. O crime teria sido ordenado por Chimenes Jarvis Pavão, em retaliação, já que, na época, fuga em massa que era planejada foi frustrada.

O terceiro fugitivo, Mario Monteiro, havia sido preso em 15 de maio, de 2014. Ele teria sido flagrado tentando roubar caminhão para utilizar o veículo em outros crimes.

Alan, também acusado de roubo em que família foi mantida refém, foi o único recapturado, horas depois da fuga. Ele estava em meio a grupo que seguia de viagem para Assunção.

Deixe seu Comentário

Leia Também